Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.insper.edu.br/handle/11224/1622
Type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Fatores estruturais incentivando comportamentos steward como forma de combate à corrupção no setor público
Authors: Yeung, Cintya
Examination board: Ferreira, Luciana Carvalho de Mesquita
Advisor: Tai, Luciana Yeung Luk
Publication Date: 2017
Original Abstract: O presente trabalho tem como objetivo analisar o processo de tomada de decisão por crimes de corrupção no setor público, de acordo com a abordagem econômica para crimes proposta por Gary Becker (1968). A análise será feita para um indivíduo do tipo Homo economicus (homem econômico), aquele cuja utilidade é maximizada de forma individual, em comparação com um indivíduo do tipo steward, cuja utilidade é maximizada buscando gerar bem-estar coletivo de forma cooperativa. A partir de um experimento com pessoas que já se encontram atuando no mercado de trabalho, será possível simular situações nas quais o respondente deve optar por agir de maneira corrupta ou não. Comprovada a existência de um raciocínio lógico como motivador de tais atos para o homem econômico, mas inibidor para o steward, serão analisadas de que forma as instituições brasileiras são ou não capazes de promover o comportamento do tipo steward apresentados por Davis, Schoorman e Donaldson (1997). Para tanto, será feita uma adaptação do trabalho de Hernandez (2012), que estudou os fatores estruturais antecedentes do comportamento deste perfil, fazendo com que os agentes públicos se tornem menos propensos a cometerem crimes de corrupção.
Keywords in original language : Corrupção no setor público
Stewardship
Economia do crime
Corruption in the public sector
Economics of crime
Abstract: This current work aims to analyze the thinking process that drives the public agents’ decision towards committing a corruption crime. By using Gary Becker’s economic approach for crimes (1968), there will be analyzed the decision made by the Homo economicus – whose utility is maximized individually – compared with the decision made by a steward – whose utility is maximized collectively, that is, cooperatively. By running an experiment with people that already work for companies of any sector, they should be tested towards their choice for acting corruptly or not. Proved the existence of a logic way of thinking in favor to be corrupt for the Homo economicus, but not for the steward, it will be studied how the Brazilian institutions encourage the stewardship behavior presented by Davis, Schoorman e Donaldson (1997). For that purpose, there will be an adaption from Hernandez’s work (2012) of the structural factors that drive stewardship behaviors, willing to find out how can public agents be less susceptible to commit corruption crimes.
Language: Português
Copyright: Todos os documentos desta Coleção podem ser acessados, mantendo-se os direitos dos autores pela citação da origem.
Appears in Collections:Graduação em Economia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Cintya Yeung_Trabalho.pdfTEXTO COMPLETO1.23 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open
Cintya Yeung_Autorizacao2.pdfINDISPONÍVEL - AUTORIZAÇÃO ALUNO551.46 kBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.