O impacto das opiniões de líderes no comportamento da população: uma análise do caso de Jair Bolsonaro e o desmatamento da Amazônia

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Luk-Tai Yeung, Luciana
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2022
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
O aumento do desmatamento da Floresta Amazônica tem chamado atenção de todos os países e se tornado pauta em eventos internacionais, que vão além do meio ambiente, ressaltando a importância econômica desse ativo para o Brasil e para o mundo. No entanto, o presidente Jair Bolsonaro, acompanhado em primeiro momento de seu mandato pelo, agora, ex-Ministro Ricardo Salles, tem deixado claro sua postura leniente sobre o desmatamento. Contudo, o governo atual não alterou significativamente a legislação relacionada à punição pelo crime de desmatamento. Diante disso, este trabalho tem como objetivo entender o impacto da posição política do governo de Jair Bolsonaro sobre o desmatamento da Amazônia. Neste paper encontrei evidências de que sua posição e discursos paliativos sobre a mudança climática e o desmatamento têm afetado as taxas de desmatamento, que começaram a crescer durante seu mandato. Para compreensão deste efeito utilizei um modelo de economia do crime, no qual o discurso de líderes de uma nação afeta a percepção de um uma pessoa sobre os riscos de ser pego cometendo um crime e, consequentemente, decisão de cometê-lo. Além disso, com um modelo de diferenças-em-diferenças usando municípios como unidades de análise, foi possível encontrar um impacto positivo do discurso de Bolsonaro no aumento do desmatamento. Porém não observamos crescimento linear quando comparamos municípios com maior e menor apoio a Bolsonaro.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Martins, Sergio Ricardo
Área do Conhecimento CNPQ
Ciências Exatas e da Terra
Citação