Impactos econômicos dos megaeventos: uma abordagem econométrica

Carregando...
Imagem de Miniatura
Co-orientadores
Tipo de documento
Dissertação
Data
2011
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Este trabalho objetiva verificar a existência da relação entre ser sede de um Mega-Evento e a variação positiva do Produto Interno Bruto de um país. Serão considerados Megaeventos a Copa do Mundo da FIFA e os Jogos Olímpicos. Este trabalho tem como motivação trazer embasamento econométrico às declarações dando conta que ao se realizar estes dois grandes eventos esportivos, o país sofrerá um impacto benéfico em sua economia. A hipótese central deste trabalho será baseada na tese de que para se promover os Megaeventos serão necessários investimentos públicos e principalmente privados substanciais em infra-estrutura e serviços, que criarão condições para o país se modernizar ainda mais, culminando na melhoria das condições para toda a população, não só aquelas mais próximas dos centros que atenderão aos jogos, resultando numa modificação no padrão de crescimento histórico (de 1900 a 2008) de países que organizaram os Megaeventos, analisando-se a tendência de crescimento antes e depois do evento. Após estimações em POLS, Efeitos Aleatórios e Efeitos Fixos, mostra-se que para este caso Efeitos Aleatórios é o melhor estimador, porém não se consegue comprovar estatisticamente a hipótese central do estudo. Logo não se pode atestar que a realização de Jogos Olímpicos ou de Copa do Mundo de Futebol da FIFA traz um crescimento do PIB.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Área do Conhecimento CNPQ
Citação