Impactos econômicos resultantes da reforma da previdência social

Carregando...
Imagem de Miniatura
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2017
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Espera-se que em 2016 o déficit do INSS atinja o maior nível em seis anos. Isso foi possível devido a algumas mudanças na estrutura do Brasil, as quais ocasionaram problemas na arrecadação do INSS: a crise econômica gerou um aumento significativo no número de desempregados do país, a expectativa de vida aumentou, porém a aposentadoria do país ainda é precoce. A arrecadação não está sendo suficiente. O déficit da previdência social está aumentando significativamente e, com isso, contribuindo negativamente para o equilíbrio das contas publicas. Em busca de uma melhora na economia brasileira, o governo alterou algumas leis de forma a aumentar a arrecadação, e com isso equilibrar as contas públicas. É importante ressaltar que as reformas propostas pelo governo não são agressivas o suficiente para diminuir consideravelmente a porcentagem dos gastos públicos em relação ao PIB, porém o envio da Proposta de Emenda Constitucional 287 simbolizou um avanço importante para a recuperação do equilíbrio fiscal. Podem ser necessárias, dentro de alguns anos, novas reformas para que o Brasil consiga desenvolver um sistema previdenciário mais justo e seja capaz de crescer de maneira sustentável ao longo dos próximos anos.

Palavras-chave
Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Área do Conhecimento CNPQ
Citação