A relação entre proficiência e dispersão de idade na sala de aula: a influência do nível de qualificação do professor

Carregando...
Imagem de Miniatura
Autores
Machado, Danielle Carusi
Gonzaga, Gustavo
Orientador
Co-orientadores
Tipo de documento
Artigo Científico
Data
2013
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Este artigo documenta a existência de uma relação negativa e significativa entre dispersão etária dentro das turmas e a proficiência individual em meio aos alunos do ensino básico, no Brasil. A ligação entre a defasagem idade-série da criança e a sua capacidade escolar é usualmente explicada por diversos fatores que influenciam o processo de formação educacional, já que tanto o descompasso idade-série de um aluno quanto a sua proficiência refletem dificuldades implícitas da vida da criança. Contudo, mostra-se neste texto que essa relação negativa entre dispersão etária das turmas/classes escolares e o aproveitamento individual pode ser mitigada pela presença de professores com altos níveis de certos atributos, tais como experiência de magistério e escolaridade. Este vínculo corrobora a hipótese de que quanto maior a dispersão de idade dentro da turma, as dificuldades de se implantar projetos comuns de aprendizado são mais expressivas, tendo em vista que há uma acentuada diversidade de interesses. Nestas condições, o papel do professor parece ser fundamental para minimizar o efeito negativo das diferenças sobre desempenho individual.

Titulo de periódico
Pesquisa e Planejamento Econômico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Área do Conhecimento CNPQ
Ciências Humanas
Citação