Timing: fator determinante do desempenho de uma fusão e aquisição doméstica no Brasil

Carregando...
Imagem de Miniatura
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2014
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Cada vez mais, fusões e aquisições são as principais estratégias adotadas pelas empresas para expandirem seus negócios. Este estudo tem como objetivo analisar como o momento em que é feita uma F&A influencia na criação de valor que será gerado futuramente para os acionistas das empresas adquirentes em transações nacionais no Brasil. A geração de valor foi medida através de duas formas: do retorno acumulado anormal (CAR) de curto prazo, apenas 1 dia útil antes e três dias úteis depois da data de fechamento da transação, e o CAR de longo prazo, para um mês antes e um ano depois do fechamento da operação. Além disso, foi usada apenas uma variável explicativa denominada timing, porém estimada de três diferentes formas. Ademais, foram adicionadas ao modelo variáveis de controle como, market cap e setor de atuação da empresa adquirente. Por fim, através do método de Mínimos Quadrados Ordinários foram feitas três regressões para o CAR de curto prazo e outras três para o CAR de longo prazo considerando cada uma das possíveis métricas estimadas para o timing e mostrou que no longo prazo o timing é relevante para a geração de valor. Dessa forma, este estudo pode confirmar que negócios feitos fora das ondas do mercado de F&A trouxeram para as empresas adquirentes, no longo prazo, maior retorno para os acionistas.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Área do Conhecimento CNPQ
Citação