Impacto das práticas sustentáveis no retorno de ações de empresas brasileiras listadas em bolsa

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Minardi, Andrea Maria Accioly Fonseca
Co-orientadores
Tipo de documento
Data
2022
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
O debate sobre sustentabilidade vem se aprofundando intensamente nos últimos anos. Dada a relevância do tema, é imprescindível que órgãos públicos e privados sejam protagonistas nessa dinâmica. Ainda que não haja um consenso acadêmico sobre aspectos relevantes do tema, os conceitos Environmental, Social and Governance (ESG) já possuem lugar de destaque na realidade diária dos executivos no mundo empresarial. Uma das abordagens para entender esse efeito é analisar se existe prêmio de risco atribuído pelo mercado para a adoção dessas iniciativas. A literatura recente sugere que a adoção de práticas ESG aumenta a percepção de qualidade dos ativos e pode ser critério relevante para a tomada de decisão dos gestores de fundos de investimentos. No entanto, não há na literatura estudos que exploram a relação entre ESG e o retorno das ações das empresas listadas em bolsa. O objetivo primário desse estudo é então preencher esta lacuna da literatura e testar a hipótese de que há uma associação entre o rating ESG das empresas e o respectivo prêmio de risco associado. Através de dados públicos coletados, foram avaliadas 67 empresas de capital aberto no Brasil entre o período de 2013 a 2021. A partir de análise dos dados, foi possível concluir que existe uma relação entre a adoção de práticas ESG o retorno das empresas de capital aberto, porém não há significância estatística em relação ao valor médio do prêmio de risco atribuído pelo mercado de capitais.

The discussion and debate on sustainability has been deepening in recent years. Given the relevance of the topic, it is essential that public and private organizations be protagonists in this dynamic. Although there is no academic consensus on relevant aspects of the subject, the Environmental, Social and Governance (ESG) concepts already have a prominent place in the reality of executives in the business world. One of the relevant aspects to understand this is to analyze whether there is a risk premium attributed by the market for the adoption of these initiatives. Recent literature suggests that the adoption of ESG practices increases the perception of asset quality and may be a relevant criterion for investment managers' decision. However, authors empirically test the relationship between ESG and the stock return of listed companies. The primary objective of this study is therefore to fill this gap in the literature and test the hypothesis that there is an association between the ESG rating of companies and the associated risk premium. Through public data collected, 67 publicly traded companies in Brazil were evaluated between the period from 2013 to 2021. From the data analysis, it was possible to conclude that there is a relationship between the adoption of ESG practices and the return of publicly traded companies, but there is no statistical significance in relation to the average value of the risk premium attributed by the capital market.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
pt
Notas
Membros da banca
Minardi, Andrea Maria Accioly Fonseca
Ribeiro, Priscila Fernandes
Saito, Richard
Área do Conhecimento CNPQ
CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
Citação