PRISCILA FERNANDES RIBEIRO

Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Resumo profissional
Área de pesquisa
Nome para créditos

Resultados de Busca

Agora exibindo 1 - 8 de 8
  • Trabalho de Evento
    A influência dos controladores nas decisões de fusões e aquisições de empresas Brasileiras
    (2016) ANDREA MARIA ACCIOLY FONSECA MINARDI; Milla, Alexandre; PRISCILA FERNANDES RIBEIRO
    Existem evidências de que em média os retornos das operações de fusões e aquisições (F&A) são negativos. Uma das explicações são problemas de agência entre acionistas e executivos, que geram premio de aquisição excessivamente alto. A presença de controladores, familiares ou não, deveria amenizar esse risco. Entretanto, como há certa gana de permanência no poder por parte dos controladores, isso pode causar um desejo muito grande de adquirir muitas empresas, diminuindo o risco de se tornar um alvo, e o prêmio pago nas operações de F&A pode ser excessivo. Assim, este trabalho se propõe a analisar se, no Brasil, a presença de controladores na empresa compradora afeta a probabilidade de concretização de uma transação, o prêmio pago pela empresa alvo e o desempenho da empresa compradora após a transação. Os resultados da análise indicam que a presença de controladores familiares aumenta a probabilidade de concretização de uma transação; e que a presença tanto de controladores familiares quanto não-familiares reduz o desempenho da empresa compradora após a transação
  • Artigo Científico
    Crédito do BNDES, dependência de finança externa, e intensidade de P&D nos setores da indústria brasileira (1998-2014)
    (2020) EDUARDO CORREIA DE SOUZA; PRISCILA FERNANDES RIBEIRO; Mattos, Eduardo Souza
    Este trabalho busca testar se o BNDES desempenha um papel compensando potenciais imperfeições no mercado de crédito no que diz respeito a investimentos em P&D. Para isso, propomos uma análise de regressão com interação inspirada em Maskus et al. (2012). Utilizamos dados de 22 setores das indústrias extrativa e de transformação no Brasil, tendo como fontes principais a PINTEC, o BNDES e a PIA, compreendendo 6 triênios a partir de 1998 até 2014. Nossos resultados oferecem algum suporte para a hipótese de um papel positivo do BNDES: o crédito do BNDES está mais positivamente correlacionado com a intensidade de P&D em setores da indústria e períodos em que é maior a dependência de capital (financeiro) externo.
  • Artigo Científico
    Market Conditions and the Exit Rate of Private Equity Investments in an Emerging Economy
    (2019) ANDREA MARIA ACCIOLY FONSECA MINARDI; ADRIANA BRUSCATO BORTOLUZZO; Rosatelli, Piero; PRISCILA FERNANDES RIBEIRO
    Private Equity (PE) funds are active investors. Besides providing capital, they improve the governance, operational performance and innovation of the investee companies. However, potential misalignment between the fund manager and the company owner regarding exit timing is a limitation of the model. PE funds have a finite-life, and thus they have to liquidate investments after holding them for a certain period. They tend to time the market to exploit favorable market conditions and obtain higher selling prices, and consequently, PE funds may divest before accomplishing the value creation plan. In this article, we use the hazard model to investigate the magnitude of the impact of market conditions on the exit rate of PE deals in Brazil, a volatile emerging economy, and if it increases the chances of exiting investments with holding periods shorter than two years. We analyze a sample of 470 PE deals invested between 1994 and 2014, and we investigate four variables related to market conditions: the stock market price-earnings ratio, the number of IPOs, the Brazilian real (the Brazilian currency) appreciation against the US dollar and the Brazilian interest rate. Our results show that favorable market conditions more than double the exit rate and increase the probability of quick flips.
  • Trabalho de Evento
    Aquecimento do Mercado Acionário no Brasil e Saídas de Invetimentos de Private Equity e Venture Capital
    (2017) ANDREA MARIA ACCIOLY FONSECA MINARDI; ADRIANA BRUSCATO BORTOLUZZO; Rosatelli, Piero Lara; PRISCILA FERNANDES RIBEIRO
    O objetivo desse trabalho é investigar como as condições do mercado acionário influenciam a saída dos investimentos realizados pelos fundos de PE e VC. A metodologia adotada para essa análise foi o modelo hazard semiparamétrico de Cox. O aquecimento do mercado acionário foi medido pelo número de IPOs e pelo índice de Preço Lucro médio do mercado. A condição de mercado aquecido, independente de qual métrica foi utilizada, aumenta substancialmente as taxas de saída em relação a momentos de não aquecimento. Quando medida por preço lucro alto, chega a aumentar as saídas de fundos de PE e VC em até 10 vezes, indicando que os gestores brasileiros fazem market timing na saída. Percebe-se também que saídas de investimentos de PE e de VC tem comportamentos bem distintos. Em VC, a taxa marginal de venda tem uma distribuição côncava, atingindo seu máximo entre 6,5 e 7,5 anos do investimento na carteira do fundo. Isso indica que os fundos de VC podem enfrentar dificuldade de vender investimentos que ficam muito mais tempo que isso na carteira. As taxas de saída de PE crescem monotonicamente, e se aceleram para investimentos que são mantidos na carteira por mais que 7,5 anos, indicando a pressão de saída sofrida pelas gestoras quando a vida do fundo se aproxima do vencimento, e que os fundos de PE não encontram dificuldade de vender os investimentos pelo fato de estarem há muito tempo na carteira.
  • Artigo Científico
    Determinants of contract renewals in business-to-business relationships
    (2020) SANDRO CABRAL; PRISCILA FERNANDES RIBEIRO; Romão, Sanders Zurdo
  • Trabalho de Evento
    A Influência dos Controladores na Decisão de Fusão e Aquisição
    (2017) Martinez, Alexandre Mila; ANDREA MARIA ACCIOLY FONSECA MINARDI; PRISCILA FERNANDES RIBEIRO
    Existem evidências de que em média os retornos das operações de fusões e aquisições (F&A) são negativos. Uma das explicações são prêmios de aquisições excessivamente altos, gerados por problemas de agência entre acionistas e gestores. A presença de acionistas controladores deveria amenizar esse risco. Porém, para evitar que sua empresa se torne um alvo e tenham que abrir mão do controle, os acionistas podem desejar realizar uma séries de aquisições, pagando prêmio excessivo. O objetivo deste trabalho é analisar se a presença de controladores nas empresas brasileiras compradoras afeta a probabilidade de concretização de uma transação, aumenta o prêmio pago pela empresa alvo e diminui o desempenho da empresa compradora após a transação. Os resultados indicam que a presença de controladores familiares aumenta a probabilidade de concretização de uma transação; e que a presença tanto de controladores familiares quanto não-familiares reduz o desempenho da empresa compradora após a transação.
  • Artigo Científico
    Estimating the elasticity of intertemporal substitution taking into account the precautionary savings motive
    (2015) Gomes, Fábio Augusto Reis; PRISCILA FERNANDES RIBEIRO
  • Artigo Científico
    Inovação e colaboração governamental para recuperar veículos roubados e furtados
    (2021) MARCELO MARCHESINI DA COSTA; SANDRO CABRAL; PRISCILA FERNANDES RIBEIRO; Guimarães, Arthur Viana
    Objetivo da pesquisa: O objetivo deste trabalho é discutir em que medida a intensidade de colaboração entre diferentes esferas governamentais molda o desempenho organizacional obtido a partir de inovações tecnológicas no setor público, tendo como base a implementação de um sistema de recuperação de veículos roubados e furtados em que a Prefeitura de São Paulo e a Polícia Militar do Estado de São Paulo agiram conjuntamente. Enquadramento teórico: Utiliza-se como suporte para a análise a literatura sobre governança colaborativa e inovações em governos, com destaque para a sua aplicação na área de segurança pública. Metodologia: Por meio de regressões logísticas e análise de clusters espaciais, analisamos dados referentes a 319.487 veículos subtraídos no município de São Paulo entre 2015 e 2017. Resultados: Enquanto identificamos um aumento estatisticamente relevante na probabilidade de se recuperar um veículo em decorrência dos esforços colaborativos empregados, encontramos também resultados heterogêneos nos diferentes distritos do município de São Paulo. Originalidade: Este trabalho supre uma deficiência da literatura na medida em que, apesar do crescente uso de inovações como forma de aprimorar serviços públicos, pouco se sabe sobre a intensidade de colaboração necessária para gerar os resultados desejados diante da adoção de novas tecnologias. Contribuições teóricas e práticas: Os resultados sugerem que a efetividade de inovações está associada à intensidade de colaboração entre os diferentes órgãos públicos. Isso indica caminhos para que a gestão pública potencialize os benefícios de inovações em suas atividades.