Demanda em um contexto hipercompetitivo: um estudo empírico no mercado de Smartphones

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Lazzarini, Sérgio Giovanetti
Co-orientadores
Tipo de documento
Dissertação
Data
2016
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
O objetivo deste trabalho é analisar determinantes da demanda de produtos em um contexto de hipercompetição, isso é, contextos envolvendo movimentações contínuas dos competidores lançando novos modelos e inovações. Essa análise será aplicada ao mercado de smartphones, que apresentou nos últimos anos um rápido aumento das vendas e, ao mesmo tempo, o lançamento de inúmeros novos produtos. O modelo analisado envolve três grupos de fatores. Preço, que é o valor que o varejo brasileiro compra o smartphone do distribuidor para depois colocar a sua margem e vender ao consumidor final; marcas, que são atreladas aos fabricantes de smartphones; e, finalmente, a própria participação de mercado (market share) passada das marcas, indicando a penetração do seu produto. Para verificar o efeito desses fatores, foi estimada uma regressão múltipla linear controlando pelo efeito endógeno dos preços dos produtos. A base de dados foi coletada do maior distribuidor de celulares do país, envolvendo vendas de aproximadamente 10 marcas observadas (Alcatel, LG, Motorola, Nokia, Samsung, Sony, entre outros) em 42 meses. Os resultados mostram que preço, marca e market share passado, conjuntamente, têm efeito significativamente relevante na tomada de decisão da compra de um smartphone.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Área do Conhecimento CNPQ
Citação