Os determinantes na concessão do crédito bancário na crise do subprime

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Mascolo, João Luiz
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2009
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Este trabalho tem como objetivo fazer uma análise da crise financeira que se iniciou no mercado imobiliário americano com a modalidade de empréstimos subprime e fazer uma análise de quais fatores foram mais importantes na determinação da concessão de crédito por parte dos bancos. Será feita uma análise da bibliografia existente à respeito do assunto, além de se fazer uma análise do funcionamento do mercado subprime e do mecanismo de securitização das hipotecas , para explicar como se desdobrou a crise a partir deste mercado. Na parte empírica, se estimará um modelo para cada um dos dois maiores bancos americanos, Bank of America e Citibank, onde se buscará entender as mudanças no volume das operações de crédito, utilizando como variáveis dependentes o percentual da provisão para devedores duvidosos sobre o volume total das operações para cada um dos bancos, bem como o TED Spread. A base de dados é dividida em observações trimestrais para o período de 2003 a 2008. Conclui-se que o fator referente aos bancos foi extremamente importante para determinar as alterações no volume de crédito, mas o TED Spread não pode ser considerado como um fator determinante.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Rocha, Ricardo Humberto
Perdomo, Juan Pedro Jensen
Área do Conhecimento CNPQ
Citação