Os determinantes da estrutura de capital

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Lyrio, Marco Túlio Pereira
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2015
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Este trabalho visa analisar de forma conjunta a aplicação empírica das principais vertentes teóricas (Trade-off e Pecking Order) acerca dos determinantes da estrutura de capital adotada pelas empresas. Para verificar esta interação, este trabalho se utilizará de um vetor autorregressivo (VAR) como modelagem com o intuito de verificar quais variáveis são mais responsáveis pela variação do endividamento adotado pelas principais empresas brasileiras dos setores de metalurgia, construção civil, indústria química, petróleo e combustíveis e papel e celulose ao longo do tempo. Este trabalho conclui que ambas as teorias confirmaram sua pertinência teórica através de evidências empíricas de naturezas distintas, nas quais a teoria de Trade-off se demonstrou responsável por alterações mais persistentes e de longo prazo sob o comportamento da variação do endividamento, enquanto a teoria de Pecking Order se demonstrou impactam o comportamento da variação do endividamento de forma instantânea e transitória no curto prazo.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Gonçalves, Adalto Barbaceia
Pagano, Leonardo
Área do Conhecimento CNPQ
Citação