Relação entre educação superior e o comportamento dos policiais militares do Estado de São Paulo.

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Co-orientadores
Tipo de documento
Dissertação
Data
2021
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
O estudo desenvolvido investiga os efeitos da escolaridade superior de ingresso (capital humano geral) no comportamento dos policiais na polícia militar de São Paulo durante suas atividades laborais, assim, as dimensões pesquisadas foram: punições administrativas sofridas, indiciamentos em inquéritos policiais militares no geral e indiciamentos em inquéritos policiais militares de homicídio e lesão corporal, que são resultantes do uso da força em serviço seja legítima ou não. De forma complementar foi verificado se os policiais que ingressaram com curso superior permanecem menos na corporação e como este conhecimento portável, que implica em saída a pedido, influi no comportamento no serviço. A mostra usada compreendia 13060 indivíduos empossados entre 2016 e 2020 e a as análises econométricas empregadas foram os modelos logit, poisson e binomial negativa. As bases teóricas usadas foram do capital humano e sua portabilidade no mercado de trabalho, das relações entre escolaridade e o comportamento transgressional e delitivo, com vistas à preferência ao risco e aos custos de oportunidade. As análises indicam que possuir curso superior ao ingressar na polícia implica em menor incidência de punições administrativas disciplinares, de inquéritos policiais militares em geral, de inquéritos policiais militares pelo crime de lesão corporal e maior incidência de pedidos de exoneração. Os resultados não permitiram concluir que ter curso superior implica em menor incidência de indiciamentos de inquéritos policiais militares pelo crime de homicídio, bem como de punições disciplinares exclusórias que são a demissão e a expulsão. Em relação à teoria, para os indivíduos com curso superior, os resultados apontam para maiores custos de oportunidade e aversão ao risco, visto à possibilidade de deslocamento para outras carreiras de acordo com o mercado de trabalho em decorrência de possuírem maior portabilidade de conhecimento. Por fim o estudo será útil para o planejamento estratégico de pessoal da polícia militar, notadamente nas atividades de seleção, recrutamento e formação, podendo fundamentar alterações no treinamento ou na exigência do perfil de escolaridade.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Alcadipani, Rafael
Área do Conhecimento CNPQ
Ciências Sociais Aplicadas
Citação