Migração, seleção e diferenças regionais de renda no Brasil

Carregando...
Imagem de Miniatura
Autores
Santos Júnior, Enestor da Rosa dos
Ferreira, Pedro Cavalcanti
Orientador
Co-orientadores
Tipo de documento
Artigo Científico
Data
2005
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Este trabalho tem como objetivo testar se os brasileiros que moram em uma unidade federativa diferente da unidade onde nasceram — os migrantes — formam um grupo positivamente selecionado (isto é, um grupo em média mais apto, motivado, empreendedor ou ambicioso do que o outro grupo). Utilizando a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) de 1999, mostramos que os migrantes ganham mais, em média, tanto em relação aos não-migrantes que moram nos estados que os recebem, como em relação aos não-migrantes que são seus conterrâneos, inclusive quando controlamos por uma série de variáveis importantes na determinação da renda do trabalho. Concluímos, então, que os migrantes no Brasil constituem um grupo positivamente selecionado.

Titulo de periódico
Não informado
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Área do Conhecimento CNPQ
Ciências Sociais Aplicadas
Citação