Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.insper.edu.br/handle/11224/1183
Type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: O crime contra a pessoa e o crime contra o patrimônio na cidade de São Paulo: uma análise do perfil das vítimas
Authors: Faria, Ernesto Martins
Examination board: Gomes, Fabio Augusto Reis
Madalozzo, Regina Carla
Advisor: Tai, Luciana Yeung Luk
Publication Date: 2008
Original Abstract: Diversos estudos acerca da criminalidade já utilizaram a abordagem econômica e muitos, utilizando o conceito proposto por Becker (1968) – do ato de fazer um crime ser uma escolha racional - chegaram a um consenso de haver diferenças entre crimes contra o patrimônio e crimes contra a pessoa quanto ao aspecto do perfil do criminoso e da forma a qual “estima-se” a viabilidade de se cometer um crime. Contudo, poucos estudos relevantes da literatura chegaram a investigar se há diferença no perfil das vítimas que sofrem um crime englobado em uma destas duas categorias, objetivo deste estudo. Aqui, pretende-se investigar as características dos vitimizados, utilizando-se da Pesquisa de Vitimização elaborada em São Paulo pelo Instituto Futuro Brasil (IFB). Os crimes analisados são roubo com utilização de arma de fogo, estelionato, agressão física e agressão verbal, apresentando assim crimes contra o patrimônio e crimes contra a pessoa com caráter violento e não violento. Adicionalmente, são apresentados os distritos que a pesquisa relatou terem os maiores percentuais de entrevistados vitimizados para cada delito aqui estudado, procurando saber se os resultados confirmam os modelos estimados e a dimensão de proximidade dos delitos quanto ao mapeamento destes crimes.
Keywords in original language : Probit
Vitimização
Criminalidade
Crime contra o patrimônio
Crime contra a pessoa
Roubo
Agressão
Estelionato
Victimization
Crime against property
Crimes against person
Robbery
Assault
Swindle
Abstract: Several studies of the crime use the economic approach and many, are using the concept proposed by Becker (Becker 1968) – the act of a crime to be a rational choice - reached a consensus that there are differences between crimes against property and crimes against the person on the aspect of the criminal profile and the manner in which considers the feasibility of committing a crime. However, few relevant studies of the literature came to investigate if there was any difference in the profile of the victims who suffer a crime. This is one of the purposes of the study. Here, the intention is to investigate the characteristics of the victimized, using the Survey of Victimization in Sao Paulo's of Futuro Brasil Institute (FBI). The analyzed crimes are robbery with use of a firearm, swindle, physical violence and verbal aggression, and there are crimes against property and crimes against person (violent and not violent). Additionally, is presented the districts where the research reported the biggest percentage of respondents victimized for each offense here studied, looking whether the estimated results confirm the model and size of proximity to the mapping of these crimes.
Language: Português
Copyright: Todos os documentos desta Coleção podem ser acessados, mantendo-se os direitos dos autores pela citação da origem.
Appears in Collections:Graduação em Economia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ernesto Martins Faria_trabalho.pdfTEXTO COMPLETO859.18 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open
Ernesto Martins Faria_aluno.pdfINDISPONÍVEL - AUTORIZAÇÃO ALUNO113.79 kBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.