Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.insper.edu.br/handle/11224/1203
Type: Dissertação
Title: Diversificação de um portfólio de fundos multimercado: uma análise empírica
Authors: Vidigal, Roberto Lutz
Examination board: Simonsen, Axel André
Araújo, Michael Viriato
Advisor: Santos, Marcelo Rodrigues dos
Publication Date: 2012
Original Abstract: O objetivo deste trabalho é evidenciar qual a quantidade de fundos multimercado necessária para se obter um portfólio diversificado. Distintos trabalhos no exterior já foram realizados com ativos semelhantes, como os hedge funds, assim, este trabalho utiliza-se de metodologia já desenvolvida nestes estudos. No entanto, o Brasil possui em seu mercado características próprias que podem influenciar na diversificação em fundos multimercado. A alta taxa de juros influencia muito no resultado desses produtos e, como consequência, os fundos multimercado possuem uma alta correlação entre si. Outra característica desse tipo de investimento é que possuem distribuições de retornos não simétricas e de caudas pesadas, por coseguinte, medir o risco de uma carteira de fundos multimercado somente pela volatilidade não é prudente, por isso, ao construir um portfólio, analisa-se também a assimetria e a curtose. Conclui-se que quanto maior o número de fundos em um portfólio, menor a volatilidade e o excesso de curtose deste, e que não é necessário mais do que 30 fundos para se obter uma carteira de fundos multimercado diversificada.
Keywords in original language : Fundos de Investimentos
Fundos Multimercado
Hedge Funds
Teoria de Carteiras
Diversificação Simples
Investments
Hedge Funds
Modern Portfolio Theory
Naïve Diversification
Abstract: The objective of this paper is to show how many funds are required to achieve a diversified portfolio. Several studies have been conducted abroad with similar assets, and the methodology used in this work has been already developed in these studies on hedge funds. However, Brazil has in its own economic characteristic that influences the diversification in hedge funds. The high interest rate influences the performance of such investment, and as a result, hedge funds have a high correlation. Another feature is that hedge fund distribution is not symmetric and has fat tails. As a result, measure risk of a portfolio only volatility is not enough, so we will also analyze the skewness and kurtosis. We conclude that the greater the number of funds in a portfolio the less volatility and kurtosis of it, and you do not need more than 30 funds to have a diversified portfolio of hedge funds.
Language: Português
Appears in Collections:Mestrado Profissional em Economia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Roberto Vidigal.pdfTEXTO COMPLETO1.18 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.