Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.insper.edu.br/handle/11224/123
Type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Micropoupança e combate à pobreza: análise do papel da abordagem das capacitações e da economia comportamental no debate sobre microfinanças e desenvolvimento
Authors: Citera, Bianca
Advisor: Muramatsu, Roberta
Publication Date: 2013
Original Abstract: A pobreza é um fenômeno que assola a humanidade desde sempre, não existindo até agora uma resposta concreta que venha a direcionar quais políticas devem ser adotadas por policy makers que busquem diminuir o nível de privação material e de bem-estar da sociedade. Dada esta‘‘ lacuna’’ de conhecimento, o intuito desta monografia é colaborar na reflexão sobre elementos capazes de melhorar nossa compreensão acerca do complexo fenômeno da pobreza, além de estratégias de combate à mesma. Com a ajuda do ferramental fornecido pela Economia Comportamental e Abordagem das Capacitações, foi possível concluir que a formulação de instituições que busquem quebrar não apenas barreiras externas quanto internas aos indivíduos permitem que exista um maior acesso dos pobres a uma vida mais digna, uma vez que promovem a expansão de suas capacitações. Estas novas instituições devem levar em conta a dificuldade do processo de tomada de decisão dos pobres, além de implementar de serviços de poupança e não apenas crédito aos pobres. Portanto, sugere-se como forma de política pública a ser adotada pelos policy - makers “doses leves” do chamado paternalismo libertário, combinadas a serviços de micropoupança
Keywords in original language : Pobreza
Micropoupança
Abordagem das capacitações
Economia comportamental
Abstract: Poverty is a phenomenon that devastates humanity ever since, and yet there is no concrete answer to drive what policies should be adopted by policy makers who seek to reduce the level of material deprivation and well-being of society. Given this'' gap'' of knowledge, the purpose of this monograph is to collaborate in the reflection of elements that improve our understanding of the complex phenomenon of poverty, and strategies to combat it. With the help of the tooling provided by Behavioral Economics and the Capability Approach, it was concluded that the formulation of institutions that seek to break not only external but internal barriers can allow individuals to a greater access of the previously located at the base of the pyramid to a more worthy life, since they promote the expansion of its capabilities. These new institutions must take into account the difficulty of the process of decision making of the poor, and implement microsavings services, and not just microcredit to the poor. Therefore, it is suggested as a form of public policy to be adopted by policy - makers "small doses" of so-called libertarian paternalism, combined with microsaving services.
Language: Português
Copyright: Todos os documentos desta Coleção podem ser acessados, mantendo-se os direitos dos autores pela citação da origem.
Appears in Collections:Graduação em Economia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Bianca Citera_Trabalho.pdfTexto Completo566.44 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open
Bianca Citera_AutorizacaoAluno.pdfIndisponível - Autorização Aluno664.79 kBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.