Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.insper.edu.br/handle/11224/165
Type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Análise da dívida pública espanhola e sua relação com as recentes políticas macroeconômicas
Authors: Costa, Daniel Rubinich
Advisor: Saddi, Vitoria Cristina Cardoso
Publication Date: 2013
Original Abstract: O objetivo da monografia foi de investigar a relação entre a dívida pública espanhola, as políticas fiscais do governo espanhol e sua relação com a crise econômica e financeira do país, que se iniciou em 2008. Através do modelo de decomposição da dívida pública e da subsequente análise ecônomica do período de 2002 a 2012 da economia espanhola, foi possível mostrar que o aumento da dívida pública espanhola e dos yields dos títulos governamentais espanhóis não é consequência das políticas fiscais do governo espanhol mas sim do estouro da bolha imobiliária e creditícia que ocorreu no périodo de 2002 a 2007, que gerou os desequilíbrios e problemas econômicos e financeiros do país, como a alta alavancagem das famílias espanholas, um sistema financeiro quase insolvente, baixíssimo crescimento econômico e problemas de desalinhamento de custos com o restante do bloco. O programa de compra de títulos soberanos por parte do BCE ajudou a ganhar tempo para os ajustes ecônomicos necessários, entretanto a atual política de austeridade fiscal pouco contribui para sanar os problemas ecônomicos e sociais do país e tem se mostrado pouco eficiente na redução da dívida pública espanhola.
Keywords in original language : Euro
Crise
Dívida pública
Políticas macroeconômicas
Espanha
Abstract: The aim of this monograph was to investigate the relationship between the Spanish public debt, the Spanish fiscal policies and its relationship with the current Spanish economic and financial crises. Through the public debt decomposition model and the subsequent economic analysis of the Spanish economy, between 2002 and 2012, it was possible to show that the increase in the Spanish public debt and yields on government bonds are not the consequences of the Spanish fiscal policies, but the consequences of a housing and credit bubble burst, that occurred from 2002 to 2007, and generated the current economic and financial imbalances of the country, such as as the high leverage of the Spanish families, a nearly insolvent financial system, very low economic growth and costs misalignments with the rest of the block. The ECB sovereign bond purchase program bought time for the necessary economic adjustments, however, the current fiscal austerity policies does little to address the social and economic problems of the country and is being inefficient so far in reducing the Spanish public debt and its yields.
Language: Português
Copyright: Todos os documentos desta Coleção podem ser acessados, mantendo-se os direitos dos autores pela citação da origem.
Appears in Collections:Graduação em Economia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Daniel Rubinich Costa_Trabalho.pdfTexto Completo957.55 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open
Daniel Rubinich Costa_AutorizacaoAluno.pdfIndisponível - Autorização Aluno639.01 kBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.