Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.insper.edu.br/handle/11224/2257
Type: Dissertação
Title: Preços de commodities: previsibilidade fora da amostra usando commodity currencies
Authors: Yamada, Renato Minoru
Examination board: Araújo, Michael Viriato
Nunes, Clemens
Advisor: Lyrio, Marco Túlio Pereira
Publication Date: 2017
Original Abstract: Este estudo investiga a relação entre taxas de câmbio e preços de commodities. Diversas hipóteses conjecturam a respeito da existência, da duração e da estabilidade desta relação durante o tempo. Neste caso, a pesquisa foca nas commodity currencies, suportada pela teoria econômica de que elas têm maior capacidade de refletir alterações nos termos de troca de alguns países. A metodologia é similar à do trabalho conduzido por Chen, Rogoff e Rossi (2010) e replicado por Rosolen et al. (2011), usando como fonte de informação, para atualização dos dados, o trabalho feito por Kohlscheen, Avalos e Schrimpf (2016). Avaliamos se o uso das taxas de câmbio de alguns países específicos pode ajudar a melhorar o desempenho dos modelos de previsão de preços de commodities. As principais conclusões do estudo apontam para a existência de uma relação em que as variações das commodity currencies podem ser vistas como variável relacionada e precedente às variações nos preços de commodities para a maioria dos países testados. Também indicam que os modelos de previsão de preços baseados nestas taxas de câmbio produzem previsões mais acuradas que o modelo de referência, o modelo de passeio aleatório, quando produzidas dentro da amostra. Para o caso de previsões fora da amostra, os modelos propostos neste estudo não demonstram os mesmos resultados encontrados no caso dentro da amostra, mostrando pouca utilidade para fins práticos. As conclusões são de certa forma inconclusivas, talvez decorrente de diferenças metodológicas, porém em linha com alguns dos principais resultados por alguns autores encontrados na literatura deste assunto. Com o estudo, buscamos estender a pesquisa já realizada a respeito da categorização de uma taxa de câmbio como uma commodity currency, além de verificar se as conclusões de trabalhos passados ainda se aplicam no contexto global atual, todos os quais confirmamos que ainda se aplicam. Adicionalmente, outro objetivo do trabalho é verificar se estas taxas de câmbio podem ser úteis quando utilizadas para prever os preços de algumas commodities, o que concluímos não ser possível, dado os resultados divergentes entre os países. Encontramos evidências positivas de que algumas taxas de câmbio serviriam para previsão fora da amostra para alguns países do estudo e para o período analisado, porém, como ressalvado por diversos autores, eles não se mostram robustos ao seu uso generalizado.
Abstract: This study investigates the relation between exchange rates and commodity prices. Several hypotheses discuss about the existence, the duration and stability of this relation across the time. In this case, the research focus on the commodity currencies, backed by the academic theory of their capacity to better reflect changes on terms of trade of countries. The methodology is similar to the one conducted by Chen, Rogoff and Rossi (2010) and replicated by Rosolen et al. (2011), using as source of information to update data, the work made by Kohlscheen, Avalos and Schrimpf (2016). We evaluate if using the exchange rates of some specific countries can help improve the performance of commodity prices prediction models. The main conclusions of the work point to the existence of the relation, in which some exchange rates can be seen as precedent variables to the commodity prices variations, for most part of the countries studied. They also point to a better in-sample performance of exchange rates based models compared to the random walk model. Although, the same results could not be found when we tested for out-of-sample prediction models, showing low usefulness from a more practical point of view. Important to note that these results go in line with the literature backing this study. We expect to extend the research already made in respect to the categorization of some exchange rates as a commodity currency, besides verifying if the conclusions already found still holds in the current global context. In a complementary exercise, we also aim to verify if these exchange rates can be useful when used to improve the accuracy of commodity prices predictions. We do find evidence of an improvement on prediction models using exchange rates for some of the countries of our sample. However, as already advised in previous literature, the results are not robust to different countries or different periods, restricting the use of these models in a wider fashion.
Language: Português
Appears in Collections:Mestrado Profissional em Economia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RENATO MINORU YAMADA_Trabalho.pdf1.28 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.