Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.insper.edu.br/handle/11224/5184
Type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Consequências da demissão após a licença maternidade para o mercado de trabalho feminino no Brasil
Author: Di Martino, Giulia Wagana
Examination board: Leite Neto, Fernando Ribeiro
Advisor: Madalozzo, Regina Carla
Academic degree: Graduação
Publication Date: 2020
Original Abstract: Este estudo busca examinar as consequências da demissão após a licença maternidade no mercado de trabalho feminino brasileiro, com foco no Estado de São Paulo. Para a análise, considerou-se apenas as trabalhadoras registradas formalmente, com dados provenientes da RAIS (Relação Anual de Informações Sociais), fornecidos pelo Ministério do Trabalho, para os anos de 2012 e 2017. Através do uso do método estatístico de pareamento por escore de propensão (Propensity Score Matching – PSM), foi possível identificar um efeito médio negativo no salário futuro da mulher que não permanece na força de trabalho no ano seguinte após a licença maternidade. Evidenciou se também que mulheres com maior nível de escolaridade possuem menor probabilidade de perderem seu emprego após o nascimento de um filho. Apesar de alguns resultados encontrados já terem sido evidenciados na literatura brasileira sobre o tema, este estudo traz de diferente as características das mulheres que perdem o emprego logo após usufruírem da licença maternidade, permitindo assim novas interpretações sobre a licença, principalmente no que diz respeito às mulheres mais vulneráveis.
Keywords in original language : licença maternidade
mercado de trabalho
pareamento por escore de propensão
Abstract: This paper aims to examine the consequences of dismissal after the maternity leave in the Brazilian female labor market, focusing on the State of São Paulo. For the analysis, only formally registered workers were considered, using data from RAIS (Annual Social Information List), provided by the Ministry of Labor, for the years 2012 and 2017. Through the use of the statistical method Propensity Score Matching - PSM, it was possible to identify a negative average effect on the future salary of women who do not remain in the workforce in the next year after maternity leave. It was also shown that women with a higher level of education are less likely to lose their jobs after the birth of a child. Although some results found have already been evidenced in the Brazilian literature on the subject, this study brings out the characteristics of women who lose their jobs right after taking maternity leave, thus allowing new interpretations of the leave, especially with regards to the most vulnerable women.
Keywords (english terms): maternity leave
labor market
propensity score matching (PSM)
Language: Português
CNPq Area: Ciências Sociais Aplicadas
Copyright: TODOS OS DOCUMENTOS DESTA COLEÇÃO PODEM SER ACESSADOS, MANTENDO-SE OS DIREITOS DOS AUTORES PELA CITAÇÃO DA ORIGEM.
Appears in Collections:Graduação em Economia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Giulia Wagana Di Martino _ Trabalho.pdfGiulia Wagana Di Martino _ Trabalho598.4 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open
Giulia Wagana Di Martino _ Termo Autorização.pdfGiulia Wagana Di Martino _ Termo Autorização1.1 MBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.