Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.insper.edu.br/handle/11224/661
Type: Dissertação
Title: Coeficiente de determinação como previsor de desempenho de fundos multimercados
Authors: Fernandes, Bruno Jaconias De Andrade Lopes
Examination board: Lyrio, Marco Túlio Pereira
Rochman, Ricardo Ratner
Advisor: Araujo, Michael Viriato
Publication Date: 2014
Original Abstract: Este trabalho tem como objetivo desenvolver um modelo para avaliar se o coeficiente de determinação (R2) pode ser um bom previsor de desempenho para fundos multimercados brasileiros baseando-se nos trabalhos já realizados por Amihud e Goyenko (2013) e Merhy (2013). Ao invés de utilizar os modelos de Fama e French (1993) e Carhart (1997), como realizado pelos estudos supracitados, foi utilizado um modelo de Análise de Componentes Principais (ACP). Com isto, não houve a necessidade de se escolher quais fatores de mercado deveriam fazer parte do modelo e, consequentemente, a heterogeneidade dos portfólios e a diversidade dos tipos de ativos que os compõem não foram entraves ao desenvolvimento da análise. Utilizando uma amostra de fundos multimercados no período de janeiro de 2010 a dezembro de 2013, foram calculados os R2s a partir das séries dos excessos de retornos dos fundos em relação ao CDI estimados pelo modelo dos componentes principais e dos excessos de retornos dos fundos em relação ao CDI reais. O R2 e os excessos de retornos dos fundos em relação ao CDI defasados foram utilizados como critérios de seleção para a criação de carteiras de fundos multimercados. Diferentemente do que foi encontrado nos estudos de Amihud e Goyenko (2013) e Merhy (2013), as carteiras formadas com os fundos com menor valor de R2 defasados não apresentaram desempenho superiores.
Keywords in original language : Fundos de Investimentos Multimercados
Análise de Componentes Principais
Análise de Desempenho
Seletividade
(JEL G11, G20, G23)
Abstract: This paper proposes to develop a model to assess whether the coefficient of determination (R2) can be a good predictor of performance for Brazilian multimercados funds based on the papers already done by Amihud and Goyenko (2013) and Merhy (2013). Instead of using models of Fama and French (1993) and Carhart (1997), as used by the aforementioned studies, we used a model of Principal Component Analysis (PCA). With this, model there was no need to choose which multifactor of market should be part of the model and hence heterogeneity of the portfolios and the diversity of the types of assets that comprise the barriers were not drag to the analysis development. Using a sample of multimercados funds from January 2010 to December 2013 were calculated R2s from the series of excess fund’s return in relation to CDI estimated by the model of the principal components and excess fund’s return in relation to CDI. The R2 and excesses of fund returns relative to the CDI lagged were used as selection criteria for the creation of portfolios of multimercados funds. Unlike what was found in the studies of Amihud and Goyenko (2013) and Merhy (2013), the portfolios composed with the funds with lower value of R2 lagged did not provide better performance.
Language: Português
Appears in Collections:Mestrado Profissional em Economia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Bruno Jaconias de Andrade Lopes Fernandes_Trabalho.pdfTEXTO COMPLETO319.13 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open
Bruno Jaconias de Andrade Lopes Fernandes_Autorizacao.pdfINDISPONÍVEL - AUTORIZAÇÃO ALUNO481.32 kBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.