Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.insper.edu.br/handle/11224/720
Type: Dissertação
Title: Uso de empresas comparáveis na estimação do beta de empresas fechadas
Authors: Fator, Felipe
Examination board: Lyrio, Marco Tulio Pereira
Rochman, Ricardo Ratner
Advisor: Araujo, Michael Viriato
Publication Date: 2014
Original Abstract: O objetivo deste trabalho é testar a eficácia do modelo de análise da empresa comparável sob a ótica do mercado brasileiro analisando se as empresas brasileiras listadas em bolsa de valores podem servir como proxy para o cálculo dos betas de empresas fechadas. Assim, estende-se o trabalho de Bowman & Bush (2006) que analisou o modelo aplicando a empresas americanas. Os resultados obtidos evidenciam a importância do modelo. O modelo fornece uma estimativa razoável do beta quando as empresas comparáveis são semelhantes em tamanho para as empresas fechadas. Quando as empresas comparáveis são maiores do que as empresas fechadas há uma tendência de queda significativa na estimativa. Foi verificado também que aumentando a comparabilidade das empresas, pelo setor industrial, em troca da diminuição da amostra não resulta em melhora a estimativa de beta. Adicionando variáveis de controle à regressão é possível melhorar a estimação do beta, variáveis que se mostraram estatisticamente significantes são: tamanho, BTM e crescimento e principalmente o grau de alavancagem operacional.
Keywords in original language : Beta
Risco sistemático
Análise de empresas comparáveis
Empresas fechadas
Beta
Systematic risk
Comparable company analysis
Private companies
Abstract: The objective of this paper is to test the effectiveness of the comparable company analysis (CCA) model from the perspective of the Brazilian market by analyzing whether the Brazilian public companies can serve as a proxy for estimating betas of private companies and extends the framework of Bowman & Bush (2006), who analyzed the model applying to U.S. companies. The results show the importance of the model, the CCA provides a reasonable estimate of beta when comparable firms which are similar in size to private companies. When comparable firms are larger than private companies there is a tendency of significant decrease in the estimate. It was also found that increasing the comparability, by the industrial sector, enhancing the comparability of companies does not improve the beta estimate. Adding control variables to the regression is possible to improve the estimation of beta, variables that were statistically significant are: size, BTM and growth and especially the degree of operating leverage.
Language: Português
Appears in Collections:Mestrado Profissional em Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Felipe Fator_Trabalho.pdfTEXTO COMPLETO1.1 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open
Felipe Fator-AutorizacaoAluno.pdfINDISPONÍVEL - AUTORIZAÇÃO ALUNO417.52 kBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.