Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.insper.edu.br/handle/11224/760
Type: Dissertação
Title: Uma investigação sobre a estrutura de controle como determinante da política de dividendos nas empresas brasileiras
Authors: Conrado, Emerson
Examination board: Minardi, Andrea Maria Accioly Fonseca
Rochman, Ricardo Ratner
Advisor: Araujo, Michael Viriato
Publication Date: 2013
Original Abstract: O presente estudo pretende entender como a estrutura de controle acionário influencia a política de distribuição de resultados de empresas de capital aberto no Brasil. Neste intuito o modelo de ajustes parciais dos dividendos, proposto por Lintner (1956), é estendido para receber algumas variáveis de controle e outras que emulam a estrutura de controle acionário. A amostra utilizada consiste nas empresas de capital aberto presentes na Bm&fBOVESPA no período entre os anos de 2007 e 2012. Os resultados mostram que as empresas brasileiras desenvolvem suas políticas de distribuição de resultados de acordo com suas capacidades de geração de caixa (LAJIDA). Adotam a prática da suavização dos ajustes (dividend smoothing). Contrariamente aos resultados obtidos para empresas inglesas por Khan (2006) e, Renneboog e Trojanowski (2006), a maior concentração do controle propicia maior distribuição de resultados, entretanto, não para todos os perfis de acionistas ou blocos controladores.
Keywords in original language : Dividendos
Estrutura de controle
Política de distribuição de resultado
Método dos momentos generalizados em sistemas
Dividends
Control structure
Payout policy
Generalized method of moments in system
Abstract: This study aims to describe how the control structure influences the payout policy in a publicly traded company in Brazil. The partial adjustment model of dividends proposed by Lintner (1956) is extended in order to contemplate controlling variables and others that proxy the control structure. The sample consists of publicly traded companies at Bm&fBOVESPA within the period between 2007 and 2012. The results show that Brazilian companies develop their payout policies in accordance to their capacity to generate cash flow (EBITDA) and adopt the practice of dividend smoothing. Contrary to results obtained by Khan (2006), and Renneboog and Trojanowski (2006) with British companies, the larger concentration of control the higher payouts, however, not all shareholders or controlling blocks profiles behave in this manner
Language: Português
Appears in Collections:Mestrado Profissional em Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Emerson Conrado_Trabalho.pdf817.11 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.