Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.insper.edu.br/handle/11224/792
Type: Dissertação
Title: O nível de educação financeira traz um comportamento e resultados diferentes?
Authors: Bugarin, Rodolfo José de Araújo
Advisor: Madalozzo, Regina Carla
Publication Date: 2013
Original Abstract: Educação financeira é um tema que vem sendo objeto de estudos desde a década de 90 nos países ocidentais. Programas de governo, inclusive no Brasil, têm sido estabelecidos para alfabetizar a população em finanças pessoais. O objetivo do presente trabalho é entender se educação financeira leva a decisões de investimentos e economias pessoais mais eficientes, ou seja, se os indivíduos que tiveram acesso à “educação financeira” de fato lidam melhor com suas finanças pessoais do que indivíduos que não tiveram este acesso. Para fazermos este trabalho, conduzimos uma pesquisa de campo através da aplicação de um questionário, via redes sociais, sobre educação financeira, situação patrimonial e renda e sobre decisões de investimento e dívidas. A nossa análise indicou que aquelas pessoas que possuem um maior grau de instrução financeira tem de fato um comportamento diferente (e mais positivo) com suas finanças pessoais: possuem menos dívidas, acumulam mais reservas financeiras e agem mais racionalmente diante de situações de risco.
Keywords in original language : Finanças comportamentais
Educação financeira
Consumidor
Alfabetização financeira
Behavioral economics
Financial education
Consumer
Financial literacy
Abstract: Financial education is a topic that has been studied since the 90s in Western countries. Government programs, including Brazil, have been established for the population literate in personal finance. The objective of this study is to understand whether "Financial Education" leads to more efficient investment decisions and personal economies, i.e., whether the individuals who had access to financial education actually deal with your personal finances better than individuals who did not have this access. To make this research, we conducted a field survey through a questionnaire with questions on financial education, patrimony, income, investment decisions and debts. Our analysis indicated that those who have a greater degree of financial literacy has actually behave differently (and more positive) with theirs personal finances: they have less debt, accumulate more financial reserves and act more rationally in situations of risk.
Language: Português
Appears in Collections:Mestrado Profissional em Economia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Rodolfo José de Araujo Bugarin_Trabalho.pdfTEXTO COMPLETO1.46 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open
Rodolfo José de Araújo Bugarin_Autorização.pdfINDISPONÍVEL - AUTORIZAÇÃO ALUNO292.35 kBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.