Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.insper.edu.br/handle/11224/813
Type: Dissertação
Title: Informação assimétrica e IPOs: a relação entre a revelação de informações e o retorno inicial em ofertas públicas brasileiras
Authors: Fernandes, Adriano De Marchi
Examination board: Minardi, Andrea Maria Accioly Fonseca
Sheng, Hsia Hua
Advisor: Moita, Rodrigo Menon Simoes
Publication Date: 2011
Original Abstract: O retorno inicial (underpricing) em processos de Ofertas Públicas Iniciais (IPOs) é um fenômeno amplamente documentado. O objetivo deste trabalho é testar hipóteses que relacionam a ocorrência de underpricing a um problema de informação assimétrica. Os dados foram coletados a partir de uma amostra de 139 IPOs feitos no Brasil no período entre 2004 e 2011. Em relação às informações detidas pela companhia, os resultados mostraram que o aumento do percentual da oferta cuja destinação deve ser especificada pela companhia reduz o retorno inicial, e que alguns usos de recursos possuem maior conteúdo informacional que outros. Em relação às informações detidas pelos investidores, verificou-se um efeito positivo do ajuste parcial de preços no retorno inicial. Não se verificou efeito significativo do percentual de alocação de investidores institucionais no retorno inicial, mas sim em um estágio anterior, no momento da fixação do preço final da oferta. Os resultados encontrados, portanto, confirmam as hipóteses de que existe assimetria de informações em processos de IPO e ratificam a importância da divulgação voluntária de informações como mecanismo para a redução da incerteza ex ante dos investidores. Os modelos utilizados explicam de 39,4% a 43,2% da variação do retorno inicial ajustado pelo Ibovespa.
Keywords in original language : IPO
Underpricing
Informação assimétrica
Retorno inicial
Uso de recursos
Alocação de ofertas
IPO
Underpricing
Asymmetric Information
Initial returns
Use of proceeds
Offer allocation
Abstract: The initial return (underpricing) in Initial Public Offerings (IPOs) is a widely documented phenomenon. The aim of this study is to test hypotheses which establish a relationship between underpricing and factors linked to a problem of asymmetric information. The data was collected from a sample of 139 IPOs in Brazil, in a period between 2004 and 2011. Regarding the information held by the companies, results show that an increase in the amount of the offer whose use of proceeds must be specified by the company decreases the degree of underpricing. Moreover, some uses of proceeds are found to have more informational content than others. Regarding the information held by investors, we found a positive relationship between the partial price adjustment and the initial return. We found no significant effect of the amount of the issue allocated to institutional investors on the initial return. However, we found a negative effect of allocation on the earlier stage of the final offer price fixation. The results, therefore, confirm the hypotheses which indicate the presence of information asymmetry in the IPO process, and ratify the importance of voluntary disclosure of information as a mechanism to reduce ex ante investor uncertainty. The models used explain between 39.4% and 43.2% of total variation of the initial return adjusted by Ibovespa.
Language: Português
Appears in Collections:Mestrado Profissional em Economia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Adriano de Marchi Fernandes_Trabalho.pdfTEXTO COMPLETO1.03 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.