O impacto da diminuição do tempo de latência na plataforma de negociação da BM&FBovespa na liquidez do mercado de ações no brasil

Carregando...
Imagem de Miniatura
Co-orientadores
Tipo de documento
Dissertação
Data
2018
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Com o avanço da tecnologia, as bolsas de valores no mundo têm realizado investimentos em plataforma de negociação com novas funcionalidades, maior capacidade e baixo tempo de resposta (baixa latência). Com a diminuição da latência, investidores de alta-frequência, chamados HFTs, ficam mais eficientes para ler e interpretar notícias no mundo e, até mesmo, para tomar decisões de investimento ou de desinvestimento rapidamente, o que pode causar impacto na liquidez do mercado. O presente trabalho estuda a migração de plataforma ocorrida no Brasil em 2013. A BM&FBOVESPA substituiu o Mega Bolsa pelo PUMA reduzindo o tempo de latência total, de 200 milissegundos para 1,4 milissegundos. Foram utilizadas quatro proxies de liquidez: quoted spread, effective spread, realized spread e price impact. Nosso resultado não encontrou impacto nas proxies de liquidez em decorrência da migração. O estudo contribui de duas maneiras, a primeira com a literatura mundial, já que o assunto não é consenso entre os diversos autores e, de um segundo modo, auxilia profissionais no mercado que avaliam investimentos em tecnologia e seus impactos.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Dario, Alan De Genaro
Área do Conhecimento CNPQ
Citação