Uber na mídia: um estudo informétrico

Carregando...
Imagem de Miniatura
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2017
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
A chegada do Uber no Brasil, em 2014, desencadeou uma onda de revolta dos taxistas ao redor do país. Com toda a repercussão que se teve na mídia sobre o Uber e o Táxi, o estudo em questão tem o objetivo de analisar como que foi a atuação da mídia ao longo do tempo em relação a este assunto, se ela foi mais neutra na publicação das reportagens ou se deu algum viés. Para isto, o estudo analisa, através do método da informetria todas as reportagens que se teve no período de 2014 a 2016, em dois portais de notícias, que apareceram as palavras “táxi”, “uber” e “taxistas”. Como resultado, percebeu-se que os portais de notícias possuíram um viés mais negativo ao Táxi e mais positivo ao Uber, o que favorece a imagem do Uber. Além disso, percebe-se que os vieses dado pelos portais de notícias ao longo do tempo não foram os mesmos.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Área do Conhecimento CNPQ
Citação