Essays on health economics

Carregando...
Imagem de Miniatura
Co-orientadores
Tipo de documento
Tese
Data
2020
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Esta tese consiste em três capítulos no tema de economia da saúde. O objetivo principal é fornecer evidências empíricas para o sistema de saúde brasileiro, estudando e ligando algumas bases de dados não exploradas e importantes no campo. O primeiro capítulo estima os impactos das expansões do sistema de saúde público na cobertura de seguro saúde privado. Mais precisamente, estudo a relação entre a principal estratégia governamental de promoção do acesso à atenção básica e acesso universal à saúde no Brasil e os seguros privados de saúde. Os resultados sugerem que a entrada e implantação do sistema público de saúde tiveram efeitos de crowd out, reduzindo a cobertura privada. O segundo capítulo documenta como demissões, contratações e salários são afetados quando as empresas começam a oferecer seguro saúde privado para seus funcionários. Nossos principais resultados sugerem que as demissões e a rotatividade no mercado de trabalho brasileiro são positivamente correlacionados com à adoção do seguro saúde pelas firmas. Este resultado sugere que firmas que oferecem plano de saúde à seus funcionários apresentam mais demissões. No terceiro capítulo, estudamos a variação dos preços das consultas médicas no Brasil e analisamos a associação desses preços com a concentração nos mercados de provedores e seguradoras de saúde. Nossa análise sugere uma variação substancial para o mesmo preço de procedimento de saúde entre e dentro dos estados brasileiros. Também encontramos relações lineares positivas para a participação de mercado e preços dos provedores e negativa para as seguradoras, sugerindo a presença de poder de mercado bilateral no contexto brasileiro.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Inglês
Notas
Membros da banca
Castro, Rudi Rocha de
Narita, Renata Del Tedesco
Área do Conhecimento CNPQ
Citação