Fatores demográficos determinantes da inadimplência entre os estados brasileiros

Carregando...
Imagem de Miniatura
Co-orientadores
Tipo de documento
Dissertação
Data
2017
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
A análise da inadimplência é relevante para a estabilidade da economia brasileira, pois auxilia nas decisões de governos, empresas e bancos. E as condições demográficas e macroeconômicas são fatores importantes para as oscilações da taxa de inadimplência. Assim, o presente trabalho pretende abordar o endividamento da população, a concessão de crédito eficiente e contribuir com uma visão do mapa de inadimplência nos estados brasileiros. Será utilizado um conjunto de variáveis macroeconômicas e demográficas para explicar a inadimplência. A economia brasileira passou por mudanças profundas entre 2006 e 2016 e o objetivo é analisar a trajetória da inadimplência neste período, utilizando dados do Banco Central do Brasil e modelos de regressão com dados em painel. Foram coletados dados das 27 unidades federativas do Brasil e as análises estatísticas apontam que a inadimplência é significativamente afetada pelo ambiente macroeconômico e demográfico. Os resultados obtidos a partir das regressões com dados em painel mostram que a inadimplência é impactada pelo aumento do desemprego e pelo aumento da variação nas concessões de crédito. Além disso, observou-se um aumento substancial da inadimplência durante a recessão econômica, alocada no último ano do estudo.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Área do Conhecimento CNPQ
Citação