Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.insper.edu.br/handle/11224/2197
Type: Dissertação
Title: Fatores demográficos determinantes da inadimplência entre os estados brasileiros
Authors: Souza, Renata Kelli De
Examination board: Monteiro, Guilherme Fowler de Avila
Sheng, Hsia Hua
Advisor: Bortoluzzo, Adriana Bruscato
Publication Date: 2017
Original Abstract: A análise da inadimplência é relevante para a estabilidade da economia brasileira, pois auxilia nas decisões de governos, empresas e bancos. E as condições demográficas e macroeconômicas são fatores importantes para as oscilações da taxa de inadimplência. Assim, o presente trabalho pretende abordar o endividamento da população, a concessão de crédito eficiente e contribuir com uma visão do mapa de inadimplência nos estados brasileiros. Será utilizado um conjunto de variáveis macroeconômicas e demográficas para explicar a inadimplência. A economia brasileira passou por mudanças profundas entre 2006 e 2016 e o objetivo é analisar a trajetória da inadimplência neste período, utilizando dados do Banco Central do Brasil e modelos de regressão com dados em painel. Foram coletados dados das 27 unidades federativas do Brasil e as análises estatísticas apontam que a inadimplência é significativamente afetada pelo ambiente macroeconômico e demográfico. Os resultados obtidos a partir das regressões com dados em painel mostram que a inadimplência é impactada pelo aumento do desemprego e pelo aumento da variação nas concessões de crédito. Além disso, observou-se um aumento substancial da inadimplência durante a recessão econômica, alocada no último ano do estudo.
Keywords in original language : Inadimplência. Unidades federativas. Fatores demográficos e macroeconômicos. Dados em painel.
Abstract: The default rates analysis is relevant to Brazilian economic stability, it helps on government, companies and banks decisions. Demographic and macroeconomic situation are important factors to the default rates oscillation. Therefore, this paper intends to approach important subjects such as the population indebtedness, the credit and more efficient bank loans, as well to contribute with an overview of delinquencies map by Brazilian states. A group of demographic and macroeconomic variables will be used to explain the default rates. Brazilian economic has undergone profound changes between 2006 to 2016, wherefore, the study main goal is to analyze the trajectory of default in this period, using data from the Central Bank of Brazil and panel data model regression. From these studies, data of 27 Brazilian federative units was collected and statistics analysis indicates that the default is significantly affected by macroeconomic and demographic behavior. The results achieved from the regressions with panel data shows that the default rates are affected by unemployment rates and by an increase in variation of credit concession. Furthermore, there was a substantial increase in default rates occurred during the Brazilian economic recession, allocated at the last year of the study.
Language: Português
Appears in Collections:Mestrado Profissional em Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Renata Kelli de Souza_Trabalho.pdf1.54 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.