Os determinantes da evolução recente do mercado de trabalho no Brasil

Carregando...
Imagem de Miniatura
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2015
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Nos últimos anos, os movimentos da taxa de desemprego e do crescimento do PIB no Brasil apresentaram trajetórias aparentemente distintas do até então previsto pela teoria econômica. O desemprego se manteve em cerca de 5,5% enquanto o PIB variou de 7%, em 2010, para 1% em 2012. A revisão da literatura indica grande relevância das características individuais e de domicílio dos integrantes da PEA em sua decisão de oferta de trabalho. Dessa forma, utilizando o método de decomposição de Oaxaca (1973), conseguimos analisar os determinantes da oferta de trabalho no Brasil entre 2005 e 2013 com vista em identificar como eles se relacionam às mudanças de composição da PEA. Os resultados confirmaram que a redução da taxa de participação se deu de forma mais relevante para os jovens e revelaram que os diferenciais encontrados para os grupos são compostos de formas distintas. Enquanto que para os jovens as características dos indivíduos e os fatores externos apontam na direção da redução de participação; no caso dos adultos, as parcelas indicavam direções distintas, com as características dos indivíduos sustentando um aumento da participação do grupo no mercado de trabalho. Por fim, o estudo sugere uma investigação mais profunda sobre a interferência do fator educação no processo de escolha dos indivíduos bem como indica a necessidade de identificação dos fatores externos nesse processo de decisão.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Martins, Sergio Ricardo
Área do Conhecimento CNPQ
Citação