IPOs e a maldição do vencedor: teste da influência do aquecimento do bookbuilding no retorno de longo prazo de ofertas públicas brasileiras de 2004 a 2009

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Moita, Rodrigo Menon Simões
Co-orientadores
Tipo de documento
Dissertação
Data
2010
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
A abertura do capital tem um grande valor estratégico para as empresas e, portanto, torna-se crucial para elas, e demais participantes desse mercado, compreender os fatores que podem afetar os resultados desse processo crítico no longo prazo. O objetivo deste trabalho é, através de paralelos entre a “Maldição do Vencedor” e o processo de um IPO, testar a hipótese de que o aquecimento do bookbuilding – via underpricing, via efeito do ajuste parcial do preço de lançamento ou via aquecimento do mercado em geral – possui uma relação negativa com os retornos de longo prazo de 115 ações brasileiras lançadas em ofertas públicas no período de 2004 a 2009. Os resultados encontrados não suportam a hipótese de “Maldição do Vencedor” através do underpricing ou do fenômeno de ajuste parcial do preço de lançamento. Entretanto, há evidências significativas de que o aquecimento do mercado e o nível de incerteza causam a “Maldição do Vencedor”. Por conta da euforia do mercado durante o bookbuilding, investidores institucionais teriam “perdido” no longo prazo ao terem “ganhado” parte do capital da empresa emissora no IPO. A relação entre ofertas públicas iniciais e conceitos da Teoria de Jogos, mais especificamente a Teoria de Leilões, aponta para um campo ainda pouco explorado, em especial quando se tratando de ofertas públicas brasileiras.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Área do Conhecimento CNPQ
Citação