Identificação de choques de política monetária e seus efeitos: abordagem FAVAR para o caso brasileiro

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Rossi Júnior, José Luiz
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2010
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
É de conhecimento geral que a autoridade monetária baseia-se na análise de um grande número de séries econômicas para conduzir a política monetária do país. Apesar disso, grande parte dos trabalhos empíricos utilizam vetores auto-regressivos (VAR) de pequena escala para analisar os efeitos da política monetária. Visando eliminar essa incoerência, Bernanke, Boivin e Eliaz (2005) propõem a utilização do vetor auto-regressivo fatorial (FAVAR), em que a informação contida em um conjunto extenso de séries macroeconômicas é extraída utilizando alguns fatores que, em seguida, são incluídos no VAR. Essa metodologia elimina a necessidade de realizar escolhas arbitrárias sobre quais variáveis incluir no estudo, além de permitir a obtenção de respostas ao impulso para séries não incluídas diretamente no VAR. Esse trabalho emprega essa metodologia para o a economia brasileira, utilizando 125 séries mensais para o período de janeiro de 1995 a setembro de 2009. Os resultados obtidos foram condizentes com aqueles previstos pela teoria econômica, com destaque para a ausência de um price puzzle. Esse trabalho também comparou o FAVAR com o VAR, concluindo que os resultados foram similares entre os dois.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Silva, Marcelo Leite de Moura e
Araújo Júnior, Eurilton Alves
Área do Conhecimento CNPQ
Citação