O nível de educação financeira traz um comportamento e resultados diferentes?

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Madalozzo, Regina Carla
Co-orientadores
Tipo de documento
Dissertação
Data
2013
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Educação financeira é um tema que vem sendo objeto de estudos desde a década de 90 nos países ocidentais. Programas de governo, inclusive no Brasil, têm sido estabelecidos para alfabetizar a população em finanças pessoais. O objetivo do presente trabalho é entender se educação financeira leva a decisões de investimentos e economias pessoais mais eficientes, ou seja, se os indivíduos que tiveram acesso à “educação financeira” de fato lidam melhor com suas finanças pessoais do que indivíduos que não tiveram este acesso. Para fazermos este trabalho, conduzimos uma pesquisa de campo através da aplicação de um questionário, via redes sociais, sobre educação financeira, situação patrimonial e renda e sobre decisões de investimento e dívidas. A nossa análise indicou que aquelas pessoas que possuem um maior grau de instrução financeira tem de fato um comportamento diferente (e mais positivo) com suas finanças pessoais: possuem menos dívidas, acumulam mais reservas financeiras e agem mais racionalmente diante de situações de risco.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Área do Conhecimento CNPQ
Citação