Uma análise do perfil do paulistano no registro de ocorrências policiais

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Madalozzo, Regina Carla
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2015
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Este trabalho visa analisar o perfil do paulistano que possui maior tendência a registrar ocorrências policiais. Busca-se definir se o registro ou não de ocorrências policiais por parte do paulistano se deve a determinadas características demográficas. Há vasta literatura que indica a diferente percepção de distintos grupos dentre uma sociedade no que diz respeito ao atendimento policial, e há evidências, também, de uma resposta díspar do órgão para com estes grupos. Desta forma, por meio de análise quantitativa, busca-se entender primeiramente qual é o perfil do paulistano que mais busca auxílio policial em caso de ocorrência, e em seguida postular sobre os principais motivos para a inibição dos demais indivíduos. Este estudo será realizado com base nos resultados referentes ao ano de 2013 da Pesquisa de Condições de Vida e Segurança realizada pelo Centro de Políticas Públicas do Insper em parceria com o Instituto Cia Radar de Pesquisas. Como resultado do estudo, encontra-se uma grande diferença de relevância das variáveis estudadas para cada tipo de crime, mas ao desconsiderar o tipo de crime e analisar apenas a tendência de reporte, variáveis como idade, estudo e participação na PEA se mostram mais relevantes em detrimento das demais.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Área do Conhecimento CNPQ
Citação