O CAPM de quatro momentos: um teste empírico no mercado de ações brasileiro

Carregando...
Imagem de Miniatura
Co-orientadores
Tipo de documento
Dissertação
Data
2017
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
O CAPM (Capital Asset Pricing Model) tem recebido críticas desde sua concepção em sucessivas rejeições em testes empíricos, havendo espaço para uma melhor especificação dos fatores de risco que o compõem. No presente trabalho, foi realizado um teste empírico CAPM de quatro momentos conforme proposto por Fang e Lai (1997), que é apropriado para a não-normalidade dos retornos de ativos, característica observada em mercados emergentes por Bekaert et al. (1998). Foram analisados os retornos de 328 ações no período de 1995 a 2016 objetivando testar a significância dos momentos sistêmicos e a validade do modelo no mercado de capitais brasileiro. Os resultados dos testes empíricos não apontaram para prêmios de risco pela assimetria e curtose sistêmicas significativos e o prêmio pela variância sistêmica obteve prêmio de risco negativo e significativo, potencialmente explicado pelos retornos excedentes ao ativo livre de risco da carteira de mercado negativos no período do estudo.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Silva Junior, Geraldo Edmundo
Área do Conhecimento CNPQ
Citação