Políticas de tranferência na pandemia e efeitos sobre o mercado de trabalho americano

Carregando...
Imagem de Miniatura
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2022
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
O choque negativo da pandemia do Covid-19 sobre a atividade provocou uma resposta grandiosa do governo dos Estados Unidos na forma de programas que expandiram os benefícios de seguro-desemprego em US$ 600 semanais entre abril e julho de 2020 e em US$ 300 semanais entre março e setembro de 2021. O arcabouço teórico que modela a reação dos agentes do mercado de trabalho prevê que haja uma queda na procura por emprego em resposta a essas políticas. Nesse estudo, esta hipótese é testada para o período de 2020 e 2021 utilizando dados do Current Population Survey (CPS) e é encontrado, em concordância com estudos anteriores que também cobriram o cenário da pandemia, que não há impacto significativo da implementação dessas políticas de transferência sobre o incentivo de procurar emprego, mesmo quando observadas condições de mercado de trabalho mais apertado em 2021.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Área do Conhecimento CNPQ
Ciências Exatas e da Terra
Citação