Custos de transação, instituições e o grau de comprometimento da firma: empresas estrangeiras no mercado brasileiro

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Boehe, Dirk Michael
Co-orientadores
Tipo de documento
Dissertação
Data
2011
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
O ambiente institucional e macroeconômico do país hospedeiro, bem como a distância cultural entre país hospedeiro e país de origem possuem papel relevante na estratégia das firmas com relação ao grau de comprometimento em processos de internacionalização. O presente trabalho, utilizando-se da teoria dos custos de transação (TCE), teoria institucional e comportamental, investiga de que forma a incerteza com relação aos impactos culturais, desenvolvimento das instituições formais e estabilidade econômica afetam o modo de entrada de empresas estrangeiras no Brasil. Com base em resultados estatísticos utilizando modelos de regressão logit e tobit, em uma amostra com 1382 transações envolvendo fusões e aquisições de empresas multinacionais no Brasil, o indicador de distância cultural proposto por Kogut e Singh (1988), indicadores anuais de liberdade econômica publicados pela Heritage Foundation e risco-país publicados pelo JP Morgan, este trabalho encontra que características institucionais (formais e informais) do país hospedeiro, tais como a percepção sobre o nível de corrupção e diferença cultural entre as nações terão papel determinante no nível de comprometimento de recursos em cada país, bem como o ambiente macroeconômico também possui alto poder explicativo no grau de investimento e comprometimento da firma no país hospedeiro. De acordo com as hipóteses apresentadas, esse trabalho encontra que quanto maior a distância cultural maior a propensão a subsidiárias integrais; quanto maior a percepção de corrupção, maior a chance de parceria e, com relação ao ambiente econômico, quanto menor o risco-país, maior a chance da firma entrar via subsidiária. A combinação desses três resultados indicam que os gestores, com o objetivo de maximização de lucro, avaliam as características do país anfitrião e seus impactos nos custos de transação de forma a ajustar sua estratégia e o modo de governança. Tudo o mais constante, com o fortalecimento das instituições formais e redução do risco no mercado brasileiro, espera-se um aumento do fluxo de investimento estrangeiro no país sob a forma de aquisição integral ou participação maior no capital do que em momentos de alta incerteza. Tais resultados servem como suporte para tomada de decisão de gestores de empresas multinacionais que pretendem entrar no Brasil por meio de fusão ou aquisição de empresas locais, bem como aumento ou redução de suas participações já existentes

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Píscopo, Marcos Roberto
Área do Conhecimento CNPQ
Citação