Prazos que um fundo de private equity/venture capital leva para investir nas empresas são mais longos quando há comitê de investimentos? comitês de investimentos geram impactos negativos para fundos de private equity/venture capital?

Carregando...
Imagem de Miniatura
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2016
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Fundos de Private Equity (PE) e Venture Capital (VC) recebem investimentos de Limited Partners (LP), e são geridos por General Partners (GP). Existe uma relação fiduciária entre essas duas classes, em que o Principal é o investidor (LP) confiando seus recursos ao Agente (GP), que tem como objetivo a gestão de tais recursos. No Brasil, investidores, como Fundos de Pensão e BNDES, estabelecem o Comitê de Investimento, o qual interfere excessivamente nas decisões do GP. Esse modelo é diferente do internacional, em que o LP delega a gestão para os GP e interfere apenas em situações de conflito de interesse. O objetivo desse trabalho é verificar se a presença desses Comitês tem interferência e consequente impacto negativo na gestão dos fundos, em especial em alongar o tempo para que esses invistam nas empresas, o que por sua vez, poderia prejudicar a rentabilidade dos mesmos.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Martins, Sérgio Ricardo
Área do Conhecimento CNPQ
Citação