Mulheres e o mercado financeiro: o motivo por trás da desproporcionalidade de gênero no ambiente

Carregando...
Imagem de Miniatura
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2019
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Com o fortalecimento do feminismo nos dias atuais, a participação das mulheres no mercado de trabalho tornou-se uma importante pauta de discussão social e econômica. Este estudo tem como objetivo analisar o motivo por trás da desproporcionalidade de gênero em um nicho específico do mercado, o financeiro. Para tanto, um questionário foi aplicado em meninas que cursam administração, economia ou engenharia, possibilitando o entendimento do processo de tomada de decisão deste grupo na hora da escolha um emprego por meio do Processo de Análise Hierárquica (AHP). Foram considerados como critérios para esta análise a flexibilidade, bem-estar, reputação, salário e dinamismo que o futuro trabalho teria a oferecer, sendo estas as variáveis do estudo, as quais foram ponderadas por nível de importância em relação as demais variáveis para cada indivíduo da amostra, descobrindo assim sua escala de prioridade. Por fim, partindo deste resultado, foi feita a média destas prioridades para descobrir a escala do coletivo, assim confirmando que o mercado financeiro ainda não é um ambiente no qual as mulheres teriam interesse de adentrar. Para uma mudança começar a ser vista, dentre outros, seria necessário, i) uma maior participação feminina em cargos de liderança, ii) a presença de uma psicóloga para os membros do mercado e iii) uma mudança na estratégia de divulgação das campanhas de incentivo ao público feminino.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Rocha, Ricardo Humberto de
Área do Conhecimento CNPQ
Ciências Sociais Aplicadas
Citação