Impactos da direção do mercado acionário e do tamanho do patrimônio na geração de alfa de fundos brasileiros

Carregando...
Imagem de Miniatura
Co-orientadores
Tipo de documento
Dissertação
Data
2021
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Este trabalho procura mostrar se o desempenho histórico dos gestores dos 141 maiores fundos de investimentos de ações do Brasil, de gestão ativa, supera o retorno previsto pelo modelo de 3 fatores de Fama e French (1993) ao longo do período de estudo, de 10 anos. Considerando a carteira agregada de fundos de ações ativos, foi verificado que os gestores não conseguem gerar retorno excessivo positivo. Entretanto, individualmente é possível identificar gestores que se destacam em relação à média. Adicionalmente, o trabalho realiza uma análise para verificar se o desempenho desses mesmos fundos sofre influência de altas e de baixas nos preços das ações. Os resultados indicam que a direção do mercado não possui influência no retorno excessivo dos gestores, uma vez que estes não conseguem prever a direção do mercado. Por fim, o estudo verifica se o tamanho do patrimônio dos fundos têm impacto em seu desempenho. Os dados indicam que existe uma relação negativa, que pode ser explicada pelos aportes que gestores com maior rentabilidade histórica recebem, tornando sua gestão menos eficiente. A amostra exclui fundos restritos e exclusivos, assim como aqueles cuja carteira seja composta predominantemente por investimentos no exterior e outros fundos de investimento.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Araujo, Michael Viriato
Eid Junior, William
Área do Conhecimento CNPQ
Ciências Sociais Aplicadas
Citação