Impacto de estereótipo de baixa performance de mulheres em ciências exatas na tomada de decisão

Carregando...
Imagem de Miniatura
Orientador
Madalozzo, Regina Carla
Co-orientadores
Tipo de documento
Dissertação
Data
2016
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Segundo a literatura de economia de gênero, o estereótipo de baixa performance de mulheres em ciências exatas ajuda a explicar o baixo percentual de mulheres em carreiras relacionadas a engenharia e ciências e vieses em decisões de contratações e promoções para outros campos profissionais aonde habilidades em matemática é considerado uma importante sinalização, tais como no mercado financeiro e corporativo. Para entender melhor esse impacto foi realizado um experimento com estudantes universitários brasileiros que simulava uma contratação no mercado de trabalho. Cada participante escolhia entre um par de candidatos, normalmente um homem e uma mulher, repetidas vezes. Nesses exercícios as decisões de contratações eram tomadas tanto na presença de dois tipos de informação, sendo uma delas auto reportada pelo candidato, como na ausência de qualquer sinalização, apenas com a identificação de cada candidato. Há duas hipóteses testadas nesse experimento. A primeira é que tal estereótipo influencia nessa tomada de decisão. A segunda é que a presença de informações objetivas reduz ou elimina o efeito do estereótipo.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Pacheco, Julia Von Maltzan
Área do Conhecimento CNPQ
Citação