O perfil de risco dos investimentos de private equity e venture capital no Brasil à luz da diversificação

Carregando...
Imagem de Miniatura
Co-orientadores
Tipo de documento
Trabalho de Conclusão de Curso
Data
2016
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Este trabalho busca analisar os diferentes perfis de risco para três níveis possíveis de investimentos em PE/VC para o mercado brasileiro nos últimos 30 anos, como (i) investimentos diretos (mono ativos) em empresas fechadas, alvos de PE/VC, (ii) investimentos via Fundos e (iii) investimentos via Fundos-de-Fundos. À luz da Teoria Moderna do Portfolio, investiga-se a redução de risco proporcionadas pela diversificação. As simulações de fundos e fundos-de-fundos foram feitas para testar diferentes estratégias, como diversificação aleatória, forçar diversificação em mais de um setor, e concentração em setores específicos. A análise foi feita estudando a distribuição de uma amostra de retornos em Reais, numa base cash-on-cash, ou literalmente olhando-se para o múltiplo MoM (Multiple of Money).Os resultados do estudo revelam uma mitigação relevante dos riscos em linha com uma baixa probabilidade de retornos e/ou perdas exorbitantes, diminuindo o risco de sequer haver qualquer perda – resultado este que vale para todas as combinações e cenários de diversificação, claramente que que variando somente a escala dos efeitos.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Rocha, Ricardo Humberto
Pagano, Leonardo
Área do Conhecimento CNPQ
Citação