Estimação do prêmio por liquidez : aplicação para o mercado brasileiro

Carregando...
Imagem de Miniatura
Co-orientadores
Tipo de documento
Dissertação
Data
2013
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
O presente artigo tem como objetivo avaliar o prêmio por liquidez no mercado brasileiro. Para isso foram utilizados dados das ações listadas na BM&FBOVESPA no período entre maio de 1995 e agosto de 2013. Seguindo a metodologia de Amihud (2013), investigou-se se o intercepto da carteira autofinanciada comprada na carteira menos líquida e vendida na carteira mais líquida é positivo e estatisticamente significativo, e também se existe uma tendência para os interceptos das regressões sobre os excessos de retorno das carteiras de liquidez à medida que a liquidez das carteiras é reduzida. São empregados dois modelos de risco e retorno para investigar o comportamento do intercepto: modelos CAPM e de 3 fatores de Fama e French (1993). Foram utilizadas diferentes proxies para liquidez: (i) índice de negociabilidade da BM&FBOVESPA, (ii) número de negócios, (iii) volume negociado, (iv) quantidade de títulos. O prêmio mostrou-se significativo ao nível de 10%, quando usados o Índice de Negociabilidade da BM&F, Número de Negócios e Volume Negociado para as regressões do CAPM, enquanto que ao utilizar o modelo de 3 fatores, apenas com o índice de negociabilidade os resultados obtidos foram significativos. Nos casos em que os prêmios verificados foram significativos, verifica-se uma tendência nos interceptos das regressões sobre os excessos de retorno das carteiras de liquidez. Os resultados apresentados no presente trabalho podem vir a incentivar as empresas a fazer uso de políticas ativas para reduzir o impacto dos custos de liquidez e poderem se beneficiar de uma potencial redução do custo de capital.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Araujo, Michael Viriato
Mussa, Adriano
Área do Conhecimento CNPQ
Citação