Patentes Como Vetor De Aumento Deprodutividade: Um Estudo Em Painelcom 26 Setores Industriais

Carregando...
Imagem de Miniatura
Co-orientadores
Tipo de documento
Dissertação
Data
2022
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Este trabalho analisa o efeito que a inovação, medida através de patentes dos Estados Unidos da América, gera em impacto econômico, medido pela produtividade total dos fatores deste país. Isto é feito por meio de análise de dados de painel de 26 setores da indústria americana, entre os anos de 1964 e 2012. O estudo verifica que uma variação no número de patentes ao longo dos anos está correlacionada com variação na produtividade total dos fatores, com significância estatística, segundo o modelo de Causalidade de Granger. Com isso verifica-se que um aumento do número de patentes hoje, ou seja, um aumento na quantidade de inovações hoje, Granger-causará um aumento de produtividade, e como consequência, crescimento econômico no futuro. O estudo ainda prevê uma verificação adicional desta constatação através de teste de endogeneidade entre as variáveis, considerando a variação no preço dos setores da indústria como variável instrumental para a variação nas patentes

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Rubin, David Daniel Turchick
Área do Conhecimento CNPQ
Multidisciplinar
Citação