Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.insper.edu.br/handle/11224/1221
Type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Aquecimento global: a transição para novas tecnologias limpas
Authors: Fernandes, Rafael Varandas
Examination board: Muramatsu, Roberta
Claro, Priscila Borin de Oliveira
Advisor: Fiore, Eraldo Genin
Publication Date: 2008
Original Abstract: Um extenso numero de evidências científicas indicam que o Aquecimento Global é um problema real, causado principalmente pela ação do homem desde a Revolução Industrial, através da emissão de gases do efeito estufa (GEE), gerado principalmente pela queima de combustíveis fósseis na produção energética, industria e transporte. Mudanças Climáticas, proveniente das emissões de GEE, são uma externalidade. Dessa forma, é ofertada uma quantidade ineficiente do produto, que é maior do que quando levado em conta os custos sociais e também apresenta um preço menor. Para conter o aumento nas emissões e consequentemente evitar futuros danos ao clima do planeta, os gases do efeito estufa devem ser estabilizados na atmosfera. A estabilização deve acontecer com uma transição para uma economia limpa, menos poluente. Para isso, novas tecnologias, menos dependentes na queima de combustíveis fósseis e mais eficientes devem conduzir esse processo. No decorrer do tempo, a forma e a gravidade como o Aquecimento Global e a transição para novas tecnologias foi abordado, mudou ao passo que novas descobertas científicas foram feitas. Em 1983, a comissão Brundtland introduziu o conceito de desenvolvimento sustentável. A Agenda 21, em 1992, de início a importância de novas tecnologias para o crescimento sustentável, inclusive a transferência de know-how entre nações . Já o Protocolo de Kyoto em 1998, criou um tratado de redução nas emissões de caráter global. Por último, o relatório Stern, 2006, da uma abordagem geral da economia do problema, descrevendo como de extrema urgência a natureza do problema e também políticas para combate-lo. A inovação tecnológica é essencial para que o custo de novas tecnologias seja reduzido. Devido a uma série de falhas de mercado, o setor privado não conseguirá sozinho ofertar a quantidade necessária de tecnologias limpas. Cabe ao Estado identificar e dar soluções para essas barreiras, oferecendo uma estrutura de apoio e incentivo para transição de novas tecnologias.
Keywords in original language : Aquecimento global
Redução nas emissões
Tecnologias limpas
Inovação
Global warming
Emission reduction
Clean technology
Innovation
Abstract: An wide number of scientific evidence suggest that the Global Warming is a real problem, caused mainly because of man action since the Industrial Revolution, through the emission of green house gases (GHG) emitted by energy production, industry and transportation. Climate Change, as a result of GHG emission, is an externality. Thus, the quantity supplied of the product is inefficient, which is bigger than when considered the social cost and also less costly. To reduce emission and consequently avoid future damage for ours planet climate, GHG should be stabilized in the atmosphere. The stabilization should involve the transition for a cleaner economy, in witch new technology, more efficient and less dependent in the burn of fossil fuel, sould lead the way. Through time, new scientific discovers have changed the way Global Warming and Clean Technologies have been deal. In 1983, the Brudtland commission introduced the the concept of Sustainable Development. The Agenda 21, in 1992, gave the first step in the importance of clean technologies in the creation of a Sustainable Development, including the transfer of know-how between nations. The Kyoto Protocol in 1998, created a trade of world wide emission reduction. Finally, the Stern Report in 2006, gave an geral economic review of the theme, giving an urgency warning of the problem and policies to help solve it. Technological innovation is crucial to reduce the cost of new technology. Because of the existence of market failures, the private sector will not alone be able to supply the efficient quantity of new technology. The Public should in this way, create a rigid infrastructure of incentives and support.
Language: Português
Copyright: Todos os documentos desta Coleção podem ser acessados, mantendo-se os direitos dos autores pela citação da origem.
Appears in Collections:Graduação em Economia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Rafael Varandas Fernandes_trabalho.pdfTexto Completo365.25 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open
Rafael Varandas Fernandes_aluno.pdfIndisponível - Autorização Aluno116.22 kBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.