Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.insper.edu.br/handle/11224/3170
Type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Vasta Educação: Estudo de Caso sobre a sua Oferta Pública Inicial (IPO)
Author: Enrico Degani Candalaft
Examination board: Adalto Barbaceia Gonçalves
Villani Junior, Adhemar
Advisor: Adalto Barbaceia Gonçalves
Academic degree: Graduação
Publication Date: 2021
Original Abstract: Este trabalho consiste em um estudo de caso sobre IPO da Vasta Educação, companhia que abriu seu capital na Nasdaq em julho de 2020 e sofreu forte desvalorização (em 20-Set-2021, suas ações haviam perdido 74,8% de seu valor em relação a seu IPO). Por meio de uma entrevista com o analista da Goldman Sachs que participou desse deal, foi possível entender o racional por trás das decisões de listagem tomadas e concluir que tais escolhas, ao aumentarem a demanda, credibilidade e liquidez das ações da Vasta, possibilitaram a precificação de sua oferta acima da faixa indicativa sem que seu preço caísse de forma abrupta em seu primeiro dia de negociação (queda de 0,79%), indicando que a demanda praticamente se igualou à oferta de US$19,00/ação. Além disso, acredita-se essa sobreprecificação pode ter afastado os investidores de longo prazo do IPO, aumentando a volatilidade dos papéis da companhia e potencializando sua forte desvalorização. Por fim, este estudo comparou o desempenho das ações da Vasta com o de seus principais peers desde seu IPO até o dia 20-Set-2021, concluindo que a Vasta teve, de fato, uma underperformance. Isso é explicado, majoritariamente, pelos resultados operacionais ruins divulgados pela companhia, a qual apresentou, no 2T21, diminuições de receita e de EBITDA em relação a 2019 e retornos (ROE e ROIC) negativos.
Keywords in original language : Vasta Educação
IPO
Abertura de capital
Underperformance
Abstract: This work consists of a case study on the IPO of Vasta Educação, a company that went public on Nasdaq in July 2020 and suffered a strong decrease in its share price (in 20-Sep-2021, its shares had lost 74.8% of its value in comparison to its IPO price). Through an interview with a Goldman Sachs analyst who actively participated in this deal, it was possible to understand the rationale behind the listing decisions taken and conclude that such choices, by increasing the demand, credibility and liquidity of Vasta's shares, enabled the pricing of its offer above the indicative range and, at the same time, the avoidance of an abrupt drop in its on its first trading day (down only 0.79%), indicating that the demand has almost equaled the offer at US$19.00/share. Also, this overpricing may have driven long-term investors away from the IPO, increasing the volatility of the company's shares and enhancing its strong devaluation. Finally, this study compared the performance of Vasta's shares with the performance of its main peers (from its IPO to the 20-Sep-2021), concluding that Vasta had, in fact, an underperformance. This is mainly explained by the poor operating results reported by the company, which presented, in 2Q21, decreases in its revenue and EBITDA, in comparison to 2019, and negative return rates (ROE and ROIC).
Keywords (english terms): Vasta Educação
IPO
Underperformance
Language: Português
CNPq Area: Ciências Exatas e da Terra
Copyright: Todos os documentos desta Coleção podem ser acessados, mantendo-se os direitos dos autores pela citação da origem.
Appears in Collections:Graduação em Economia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Enrico Degani Candalaft_Trabalho.pdfTEXTO COMPLETO812.47 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open
Enrico Degani Candalaft_Termo de Autorização - ok.pdfINDISPONIVEL - Autorização86.96 kBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.