Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.insper.edu.br/handle/11224/4399
Type: Artigo Científico
Title: Indústrias criativas: definição, limites e possibilidades
Author: Kirschbaum, Charles
Bendassolli, Pedro F.
Wood Junior, Thomaz
Pina e Cunha, Miguel
Publication Date: 2009
Original Abstract: O termo "indústrias criativas" surgiu nos anos 1990, para designar setores nos quais a criatividade é uma dimensão essencial do negócio. As indústrias criativas compreendem, entre outras, as atividades relacionadas ao cinema, ao teatro, à música e às artes plásticas. Neste artigo introdutório, mostramos o surgimento do termo no âmbito de políticas públicas de desenvolvimento econômico, analisamos a literatura científica sobre as indústrias criativas e procuramos sistematizar as diferentes definições do termo, diferenciando-o de conceitos similares, em especial do conceito de indústrias culturais. Advogamos que o fenômeno pode constituir um campo fecundo de investigações para pesquisadores de Estudos Organizacionais e apontamos trilhas de investigação a serem exploradas.
Language: Português
CNPq Area: Ciências Sociais Aplicadas
URI: https://www.scielo.br/j/rae/a/kvm4rNbFpXGNmfDSknxVBSP/abstract/?lang=pt
Copyright: O INSPER E ESTE REPOSITÓRIO NÃO DETÊM OS DIREITOS DE USO E REPRODUÇÃO DOS CONTEÚDOS AQUI REGISTRADOS. É RESPONSABILIDADE DO USUÁRIO VERIFICAR OS USOS PERMITIDOS NA FONTE ORIGINAL, RESPEITANDO-SE OS DIREITOS DE AUTOR OU EDITOR.
Notes: Texto completo
Appears in Collections:Coleção de Artigos Científicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
R_Artigo_2009_INDÚSTRIAS CRIATIVAS DEFINIÇÃO, LIMITES E_TC.pdfR_Artigo_2009_INDÚSTRIAS CRIATIVAS DEFINIÇÃO, LIMITES E_TC71.76 kBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.