Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.insper.edu.br/handle/11224/57
Type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Fundos de private equity e venture capital brasileiros e americanos: semelhanças e peculiaridades
Authors: Oliveira, Bruna Loureiro Reis de
Advisor: Minardi, Andrea Maria Accioly Fonseca
Publication Date: 2012
Original Abstract: O objetivo deste estudo é analisar através de estatísticas descritivas a indústria brasileira de Private Equity de Venture Capital e comparar com a Limited Partnership presente nos Estados Unidos. Para tanto, analisa-se as Instruções CVM nº 209/94 (Fundos Mútuos de Investimento em Empresas Emergentes (FMIEE) – voltada a Venture Capital) e CVM nº 391/03 (Fundos de Investimento em Participações (FIP) – aplicável aos fundos de Private Equity) juntamente com 38 regulamentos FIP e 28 FMIEE. Os resultados revelaram que FIP e FMIEE são semelhantes aos fundos americanos quando se trata de prazo de duração do fundo, período de investimento, de cláusulas que restringem o tamanho do investimento em uma determinada empresa, cláusulas de restrição ao uso de dívida na parceria e quando fala-se de remuneração, tanto parte fixa quanto variável. Porém, diferem em relação à governança do fundo. Os contratos brasileiros prevêem muito mais interferência dos LP na gestão do fundo do que os contratos dos EUA. Além disso, fundos de Venture Capital quando comparados a Private Equity revelaram possuir remuneração fixa mais alta, exigem uma porcentagem maior do montante mínimo para começar a operar em relação ao montante máximo do fundo, não possuem período de prorrogação da prorrogação da duração do fundo e não exigem nível mínimo de Governança Corporativa para as empresas investidas.
Keywords in original language : Private equity
Venture capital
Limited partnership
Abstract: The aim of this study is to analyze via descriptive statistics of the Brazilian industry of Private Equity and Venture Capital and compare with the Limited Partnership present in the United States. To achieve this, we analyze the CVM Instructions 209/94 (Mutual Fund Investment in Emerging Companies (FMIEE) – focused in Venture Capital) and CVM 391/03 (Investment Funds (FIP) - applicable to Private Equity funds) along with 38 FIP regulations and 28 FMIEE. The results revealed that FIP and FMIEE funds are similar to Americans when it comes to the duration of the fund, investment period, clauses that restrict the size of the investment in a particular company, clauses limiting the use of debt on partnership and when talk about remuneration, both fixed and variable part. However, they differ regarding the governance of the fund. The Brazilian contracts provide much more interference of LP in the fund management than the US contracts. In addition, Venture Capital funds when compared with Private Equity funds have revealed higher fixed remuneration, require a greater percentage of the minimum to begin operations in relation to the maximum amount of the fund, have no extension period of the extension of the duration of the fund and not require minimum level of Corporate Governance for the investees. Keywords:
Subject: Venture capital
Language: Português
Copyright: Todos os documentos desta Coleção podem ser acessados, mantendo-se os direitos dos autores pela citação da origem.
Appears in Collections:Graduação em Economia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Bruna Loureiro Reis de Oliveira_trabalho.pdfTexto Completo365.06 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open
Bruna Loureiro Reis de Oliveira_aluno.pdfIndisponível - Autorização Aluno63.23 kBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.