Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.insper.edu.br/handle/11224/771
Type: Dissertação
Title: Relação entre estratégia de canal de venda e desempenho de exportação: uma análise empírica sobre o mercado petroquímico na América do Sul
Authors: Belloli, Rodrigo
Examination board: Bortoluzzo, Adriana Bruscato
Boehe, Dirk Michael
Advisor: Laban Neto, Silvio Abrahao
Publication Date: 2013
Original Abstract: Muitas pesquisas a respeito dos determinantes para o desempenho de exportação investigaram a relação entre estratégia de marketing e desempenho de exportação. Os trabalhos empíricos neste contexto mostram resultados fragmentados, porém o marketing mix é evidenciado como um dos principais elementos influenciadores para o desempenho de exportação. Este estudo examina a relação empírica entre estratégia de canal de venda e desempenho de exportação através de regressão com dados em painel utilizando uma base amostral de 1.570 observações referentes ao mercado petroquímico da América do Sul entre 2007 e 2012. Efeitos moderadores de eficiência logística, distância geográfica, distância cultural e liberdade econômica são avaliados assim como fatores de controle macro-econômicos. Os resultados sugerem que: (1) a estratégia de canal de venda de tipo direta gera maior desempenho de exportação que a de tipo indireta; (2) distância cultural e liberdade econômica são moderadores significantes para o efeito de canal de venda sobre o desempenho de exportação; (3) eficiência logística e distância geográfica não mostraram significância como efeitos moderadores no modelo estatístico deste trabalho, porém os resultados dão indícios para futuras pesquisas a respeito; (4) variação do PIB no país exportador atua como variável significativa de controle para o desempenho de exportação; (5) inflação e variação cambial do país exportador não mostraram significância como variáveis de controle no modelo estatístico deste trabalho, porém apresentaram resultados que justificam seu uso em futuras pesquisas.
Keywords in original language : Exportação
Canal de venda
Desempenho de exportação
Export
Sales Channel
Export performance
Abstract: Many studies on the determinants of export performance have investigated the relationship between marketing strategy and export performance. Empirical work in this context shows fragmented results, but the marketing mix is highlighted as a key element for influencing export performance. This study examines the empirical relationship between sales channel strategy and export performance through regression with panel data using a database with 1.570 observations from the petrochemical market in South America between 2007 and 2012. Moderating effects of logistics performance, geographic distance, cultural distance and economic freedom are evaluated as well as macro-economic control factors. The results suggest that: (1) direct sales channel strategy generates higher export performance than indirect sales channel; (2) cultural distance and economic freedom are significant moderators for the effect of sales channel on export performance; (3) logistics performance and geographic distance have not shown significance as moderators in the statistical model of this work, but the results give some space for future researches; (4) changes in exporting countries GDP act as a significant control variable for export performance; (5) inflation and exchange rate of exporting countries have not shown significance as control variables in the statistical model of this paper, but showed results that justify its use in future researches.
Language: Português
Appears in Collections:Mestrado Profissional em Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Rodrigo Belloli_Trabalho.pdf464.31 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.