O impacto das firmas de private equity no desempenho de fusões e aquisições de empresas brasileiras

Carregando...
Imagem de Miniatura
Co-orientadores
Tipo de documento
Dissertação
Data
2013
Título da Revista
ISSN da Revista
Título do Volume
Projetos de Pesquisa
Unidades Organizacionais
Fascículo
Resumo
Este trabalho tem como objetivo analisar os impactos das firmas de Private Equity no desempenho de operações de fusões e aquisições (F&A) de empresas brasileiras. Partindo da hipótese de que empresas adquirentes com participação de Private Equity tem todos os predicados de sucesso sugeridos pelo framework teórico verificado na literatura de F&A, tais como eficiência, governança corporativa, especialização e conhecimento, esta pesquisa investiga se tais empresas apresentam desempenho superior em relação a seus pares de mercado em operações de fusões e aquisições. Adicionalmente, considerando as críticas de mercado quanto a uma suposta exploração de curto prazo das empresas adquirentes pelos seus acionistas Private Equity, em detrimento de resultados sustentáveis de longo prazo, analisa-se também os impactos que um maior histórico de permanência do Private Equity em suas empresas investidas pode produzir nas transações de F&A. Os resultados encontrados sinalizam que as adquirentes com participação de Private Equity apresentaram retornos anormais inferiores em relação às demais empresas, contrariando a hipótese teórica formulada, e que o histórico de permanência do Private Equity em suas empresas investidas pode estar positivamente relacionada com a geração de valor em F&A. Tais resultados podem ser evidências empíricas de conflitos de agência no nível dos acionistas bem como ceticismo de mercado em relação às práticas de Private Equity, pelo menos no curto prazo, não significando necessariamente destruição de valor no longo prazo.

Titulo de periódico
Título de Livro
Idioma
Português
Notas
Membros da banca
Área do Conhecimento CNPQ
Citação